Diferenças entre edições de "Rodovia dos Tamoios"

1 002 bytes removidos ,  01h10min de 7 de agosto de 2012
bot: revertidas edições de 187.107.129.10 ( erro : -50), para a edição 31684286 de Braz Leme
(bot: revertidas edições de 187.107.129.10 ( erro : -50), para a edição 31684286 de Braz Leme)
 
A denominação Rodovia dos Tamoios foi realizada através da Lei nº 1796, de [[18 de outubro]] de [[1978]], e constitui referência histórica ao nome de uma tribo indígena que habitava o [[Litoral de São Paulo|litoral norte paulista]] e o litoral fluminense.
 
[[Ficheiro:C:\Users\User\Desktop\Nv_Tamoio.gif]]
 
Teve início em maio de 2012 a duplicação do trecho de planalto, previsão das obras para 20 meses, que compreende um trecho entre [[São José dos Campos]] e [[Paraibuna]] totalizando uma duplicação total de aproximadamente 55 km. Essa obra precede o projeto de duplicação também do trecho de serra que vai de [[Paraibuna]] até [[Caraguatatuba]], já no litoral norte de SP.<ref>http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1083980-obra-para-duplicacao-da-rodovia-dos-tamoios-comeca-amanha.shtml</ref>
 
[[Ficheiro:Tamoios.JPG|thumb|250px|Rodovia dos Tamoios no trecho de planalto, em [[Paraibuna]].]]
Possui intersecções com a [[Rodovia Presidente Dutra|Via Dutra]] ([[BR-116]]), [[Rodovia Carvalho Pinto]] ([[SP-70]]), [[SP-88|Estrada das Pitas]] ([[SP-88]]) e [[Rodovia Rio-Santos]] ([[SP-55]]/[[BR-101]]).
 
No trecho de planalto possui duas faixas em cada sentido (sendo uma faixa principal e outra auxiliar), sendo que na faixa principal a velocidade máxima é de 80&nbsp;km/h e na faixa auxiliar de 60&nbsp;km/h. A nova duplicação prevê quatro faixas em cada sentido, sendo que a velocidade máxima no novo trecho poderá chegar a 120&nbsp;km/h. A faixa auxiliar deve ser utilizada apenas para facilitar a ultrapassagem, já que em todo o traçado da rodovia não há pontos de ultrapassagem pela faixa da pista do sentido contrário. No trecho de serra há duas faixas ascendentes e uma descendente. Nos inícios de feriados prolongados, pode operar com duas faixas descendentes e uma ascendente.
 
O projeto do trecho de serra prevê uma nova via em caminho diferente do já existente, sendo que esse deverá priorizar pontes e túneis para reduzir o impacto ambiental do projeto, projeto esse que já está em fase de estudo de impacto ambiental para posterior implementação do projeto e concorrências.
 
== Ver também ==