Miss Universo 1990: diferenças entre revisões

1 byte removido ,  02h29min de 12 de agosto de 2012
A grande surpresa após as preliminares foi a liderança da Miss Noruega, Mona Grundt, classificada em primeiro lugar em todos os segmentos, seguida pela favoritíssima venezuelana e pela [[Miss México]] Marilé Del Rosário. Nas semifinais, a beleza natural, elegância e inteligência de Grundt continuou a impressionar o júri, que a colocou com as notas mais altas nas três etapas, seguida pela colombiana Lizeth Mahecha e pela classuda Miss Chile, que era considerada pela mídia arrogante. Junto com elas, as Miss EUA, [[Bolívia]] e e México formaram o Top 6, deixando de fora para surpresa geral a Miss Venezuela.
 
Após as perguntas finais, Noruega, EUA e Colômbia formaram o Top 3 e Mona, sem cirurgias plásticas e usando um vestido de apenas US$40, foi eleita a primeira Miss Universo de seu país e segunda européiaeuropeia consecutiva a conquistar a coroa.<ref name="global"/> Entretanto, nunca mais a [[Europa]] teria outra Miss Universo.<ref>{{citar web|url=http://www.missuniverse.com/contestant_profiles/past|titulo=Past Titleholders|publicado=Miss Universe Organization|acessodata=07/06/2012}}</ref>
 
== Resultados ==
6 440

edições