Triquetrum (astronomia): diferenças entre revisões

Corrigida ligação interna
(Corrigida ligação interna)
[[Image:Dreistab 00.jpg|thumb|O triquetrum de Copérnico]].
O '''triquetrum''' (derivado do latim tri- ("três") e quetrum ("quinas")) foi o nome medieval para um antigo instrumento [[Astronomia|astronômico]] primeiramente descrito por [[Ptolemeu]] no ''[[Almagesto]]'' (V. 12). Também conhecido como ''Réguas Paraláticas'', foi usado para determinar altitudesa [[altura (astronomia)|altura]] de [[Corpo celeste|corpos celestes]]. Ptolemeu o chama de "''instrumento paralático''" e parece tê-lo usado para determinar a [[sistema horizontal de coordenadas|distância do zênite]] e a [[paralaxe]] da [[Lua]].<ref name="kelley1">Kelley, D., Milone, E., (2005), ''Exploring Ancient Skies: An Encyclopedic Survey of Archaeoastronomy'', pages 77-79. Birkhäuser.</ref><ref name="gassendi1">Gassendi, P., Thill, O., (2002) ''The Life of Copernicus (1473-1543)'', pages 118-120. Xulon Press.</ref>
 
Ele realizou a mesma função que o [[Quadrante (instrumento)|quadrante]] e foi inventado para sobrepujar a dificuldade de graduar arcos e círculos. Consistia de uma posição vertical com uma escala graduada e duas alavancas giradas articuladas no topo e na base, a alavanca superior carregando as alças. As duas foram unidas para que suas extremidades pudessem deslizar. Assim que uma pessoa observava ao longo da alavanca superior, a mais baixa mudava seu ângulo. Ao ler a posição da vara inferior, em combinação com o comprimento vertical, a [[sistema horizontal de coordenadas|distância do zênite]] (ou, alternativamente, a [[altitude]]altura) de um [[corpo celeste]] poderia ser calculada.<ref name="kelley1"/><ref>Krebs, R., (2004), ''Groundbreaking Scientific Experiments, Inventions, and Discoveries of the Middle Ages and the Renaissance'', page 225. Greenwood Publishing Group.</ref>
O '''triquetrum''' (derivado do latim tri- ("três") e quetrum ("quinas")) foi o nome medieval para um antigo instrumento [[astronômico]] primeiramente descrito por [[Ptolemeu]] no ''[[Almagesto]]'' (V. 12). Também conhecido como ''Réguas Paraláticas'', foi usado para determinar altitudes de corpos celestes. Ptolemeu o chama de "''instrumento paralático''" e parece tê-lo usado para determinar a [[sistema horizontal de coordenadas|distância do zênite]] e a [[paralaxe]] da [[Lua]].<ref name="kelley1">Kelley, D., Milone, E., (2005), ''Exploring Ancient Skies: An Encyclopedic Survey of Archaeoastronomy'', pages 77-79. Birkhäuser.</ref><ref name="gassendi1">Gassendi, P., Thill, O., (2002) ''The Life of Copernicus (1473-1543)'', pages 118-120. Xulon Press.</ref>
 
O triquetrum foi um dos instrumentos astronômicos mais populares até a invenção do telescópio, ele poderia medir ângulos com uma precisão melhor do que o [[astrolábio]].<ref name="gassendi1"/> [[Nicolau Copérnico|Copérnico]] descreve seu uso no quarto livro do ''[[De revolutionibus orbium coelestium]]'' sob o título "''Instrumenti parallactici constructio''."<ref name="gassendi1"/> O instrumento também foi usado por [[Tycho Brahe]].<ref>Christianson, J., (2000), ''On Tycho's Island: Tycho Brahe and His Assistants, 1570-1601'', pages 73-75. Cambridge University Press.</ref>
Ele realizou a mesma função que o [[Quadrante (instrumento)|quadrante]] e foi inventado para sobrepujar a dificuldade de graduar arcos e círculos. Consistia de uma posição vertical com uma escala graduada e duas alavancas giradas articuladas no topo e na base, a alavanca superior carregando as alças. As duas foram unidas para que suas extremidades pudessem deslizar. Assim que uma pessoa observava ao longo da alavanca superior, a mais baixa mudava seu ângulo. Ao ler a posição da vara inferior, em combinação com o comprimento vertical, a [[sistema horizontal de coordenadas|distância do zênite]] (ou, alternativamente, a [[altitude]]) de um [[corpo celeste]] poderia ser calculada.<ref name="kelley1"/><ref>Krebs, R., (2004), ''Groundbreaking Scientific Experiments, Inventions, and Discoveries of the Middle Ages and the Renaissance'', page 225. Greenwood Publishing Group.</ref>
 
{{Referências}}
O triquetrum foi um dos instrumentos astronômicos mais populares até a invenção do telescópio, ele poderia medir ângulos com uma precisão melhor do que o [[astrolábio]].<ref name="gassendi1"/> [[Copérnico]] descreve seu uso no quarto livro do ''[[De revolutionibus orbium coelestium]]'' sob o título "''Instrumenti parallactici constructio''."<ref name="gassendi1"/> O instrumento também foi usado por [[Tycho Brahe]].<ref>Christianson, J., (2000), ''On Tycho's Island: Tycho Brahe and His Assistants, 1570-1601'', pages 73-75. Cambridge University Press.</ref>
 
==Notas==
{{reflist}}
 
{{Astronomia grega}}
 
{{esboço-astronomia}}
{{esboço-Grécia-Antiga}}
 
[[de:Dreistab]]