Abrir menu principal

Alterações

28 bytes removidos, 02h44min de 18 de agosto de 2012
sem resumo de edição
|s1 = Reino das Duas Sicílias
|bandeira_s1= Flag of the Kingdom of the Two Sicilies (1738).svg
 
 
 
|imagem_bandeira = Flag of the Kingdom of Naples.svg
 
*O Reino tinha como nome oficial, na época "Regnum Siciliae citra Pharum" (Reino da Sicília Anterior ao [[Farol de Messina|Farol]]) porém aqui utilizaremos 'Reino de Nápoles' para não gerar confusão com "Regnum Siciliae ultra Pharum" (Reino da Sicília Insular) que ficou com os Monarcas Aragoneses.}}
 
 
 
O ''Reino de Nápoles'' ([[língua italiana|Italiano]]: ' Regno di Napoli '), que compreende a parte sul da [[Península Itálica]], foi o restante do antigo [[Reino da Sicília]] após a secessão da ilha da Sicília como resultado da rebelião de Vésperas sicilianas de 1282. <ref>{{cite book | last = Fremont-Barnes | first = Gregory | title = Encyclopedia of the Age of Political Revolutions and New Ideologies, 1760-1815: Volume 1 | publisher=Greenwood | year = 2007| page = 495 | isbn = 978-0-313-33446-7}}</ref> Conhecido por seus contemporâneos como o Reino da Sicília, é apelidado de Reino de Nápoles para distingui-lo da classe política baseada na ilha. Durante grande parte de sua existência, o Reino foi disputado entre as Dinastias francesa e aragonesa. Em 1816, ele novamente mescladas com baseados na ilha de Sicília para formar o Reino das Duas Sicílias.
O território abrangia as atuais regiões italianas da [[Campânia]], [[Calábria]], [[Puglia]], [[Abruzzo]], [[Molise]], [[Basilicata]], e alguns territórios do atual [[Lácio]] ([[Gaeta]], [[Cassino]] e áreas atualmente na província de [[Rieti]], como [[Cittaducale]], [[Amatrice]], [[Cicolano]], etc.).
<br clear=all>
</center>
 
==Nápoles sob [[Casa de Anjou|Angevino]]==
[[File:Manfred.jpg|thumb|A Coroação de Manfredo|200px|right]]
[[File:Palazzo Reale di Napoli - Carlo I d'Angiò.jpg||thumb|right|200px|Estátua de Carlos I no [[Palácio Real (Nápoles)|Palácio Real]]]]