Diferenças entre edições de "A Coisa (2011)"

115 bytes removidos ,  02h53min de 19 de agosto de 2012
m (Revertidas edições por 189.18.53.200 para a última versão por YFdyh-bot, de 2012-08-07T20:14:25 (UTC))
[[Antárctida]], [[1982]]. Um grupo de pesquisadores [[noruegueses]] percorre uma zona nunca antes visitada pelo [[Ser humano|Ser Humano]] quando, no intercomunicador do veículo que utilizam para percorrer o denso gelo detectam um sinal nunca antes conhecido. Ao irem na direcção do tal sinal, páram na zona onde o sinal é mais forte e, algo faz com que o gelo se quebre e o veículo caia a bastantes metros de profundiade. Tal sinal provinha de uma nave espacial que, alí estaria provavelmente enterrada há 100 mil anos.
 
29 anos depois, uma nova expedição norueguesa e, também norte-americana descobre o mesmo sinal no mesmo local. Para além da nave descobrem uma espécie animal nunca antes vista presa num cubo de gelo, a qual julgam e, correctamente, ser um extraterrestre que vinha na dita nave.
 
Ao levarem o cubo de gelo para a base que montaram para a dita expedição, conseguem prefurá-lo e, tirar uma amostra de tecido do dito ser, pois por lógica, o mesmo estaria morto por passar tanto tempo enterrado em gelo.
 
Porém, a meio dessa noite, para pavor de toda a gente, tal ser evade-se numa fracção de segundos da base, tendo atacado um dos exploradores. O resto da equipa pega fogo à "coisa", num acto de auto-defesa mas, há um promenor que a equipa desconhece: tal "coisa" após atacar uma presa, assume o seu corpo na perfeição temporáriamente até atacar nova presa e, repetir o processo. Será uma corrida contra o tempo para descobrir quém é quém e, evitar que morra mais alguém.
 
== Elenco principal ==
* [[Mary Elizabeth Winstead]] como Dr. Kate Lloyd
Utilizador anónimo