Diferenças entre edições de "Welsh corgi pembroke"

63 bytes adicionados ,  02h00min de 20 de agosto de 2012
m
clean up e ajustes/correções, typos fixed: à esta → a esta utilizando AWB
m (Robô: A adicionar: no:Welsh corgi pembroke)
m (clean up e ajustes/correções, typos fixed: à esta → a esta utilizando AWB)
|seção= 1
|nomeseção = Cães Pastores e Boiadeiros (exceto Boiadeiros Suíços) - de pastor
|estalão=#39 [[011 de dezembro]] de [[2010]]
}}
A ''' welsh corgi pembroke'''{{Ref_label|A|Nota|none}} é uma [[raça de cães]] nativa do [[País de Gales]], além de ser a raça oficial da rainha [[Elizabeth II do Reino Unido]], que possui sete exemplares e um quarto de seu palácio dedicado principalmente a seus "companheiros".{{Carece de fontes}}
 
Criados para o trabalho desde o ano de 920, foram inicialmente usados para pastorear gado, caçar ratos e guardar fazendas. Especula-se se sua história não estaria ligada à dos vallhund suecos, possivelmente levados à [[Grã Bretanha]] pelos [[viking]]s. Mais adiante na história, passaram a serem vistos como cães de companhia, apesar de ainda serem usados para o trabalho. O gosto por morder permanece como um traço comum àa esta raça pastora, o que torna seu adestramento difícil. Fisicamente apresenta a pelagem colorida e curta, seu focinho é compacto e mais curto que o do [[Welsh corgi cardigan|corgi]] e a falta de rabo é um traço [[hereditário]].<ref>Fogle (2009), pág 127</ref>
 
== {{Ver também}} ==
* [[Anexo:Lista de raças de cães|Outras raças]]
 
{{Referências}}
 
== {{Bibliografia}} ==
* {{citarCitar livro |autor=Fogle, Bruce |titulo=Cães |edição=1ª |editora=Jorge Hazar |local=Brasil |ano=2009 |id = ISBN |isbn=9788537801338}}
 
== {{Ligações externas}} ==
{{Commons|}}
* {{Link||2=http://www.cbkc.org/|3=Confederação Brasileira de Cinofilia|4=www.cbkc.org}}
* {{Link||2=http://www.cpc.pt/|3=Clube Português de Canicultura|4=www.cpc.pt}}
* {{Link|es|2=http://www.fci.be/home.asp?lang=sp|3=Fédération Cynologique Internationale|4=www.fci.be}}
* {{Link||2=http://www.dogtimes.com.br/links.htm|3=Utilidades gerais - DogTimes|4=www.dogtimes.com.br}}
* {{Link||2=http://books.google.com.br/books?id=8DunnQL9l4UC&pg=PA150&dq=anatomia+do+c%C3%A3o&hl=pt-BR&ei=uAI-TIzYIIP78Aa6-MynBg&sa=X&oi=book_result&ct=book-thumbnail&resnum=7&ved=0CD8Q6wEwBg#v=onepage&q=anatomia%20do%20c%C3%A3o&f=false|3=Dicionário de Cinologia |4=(em [[Português brasileiro|português do Brasil]])}}
 
{{nota linguística|right|tema=Na busca pela padronização de uma nomenclatura{{Note_label|A|a|none}} e para adequar a grafia da [[Wikipédia]] às [http://www.portaldalinguaportuguesa.org/?action=acordo&version=1945&search=min%FAscula normas do português], '''os nomes das raças''' - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - '''estão grafados em iniciais minúsculas''', como também visto em [http://books.google.com.br/books?id=8DunnQL9l4UC&pg=PA170&lpg=PA170&dq=%22Pequeno+Braban%C3%A7on%22&source=bl&ots=KV1WwnJHMs&sig=0jPpmbIJ51rijwNphOEVNiuz-Os&hl=pt-BR&ei=fyahTJOiBYT78Aae-d3MDw&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=4&ved=0CCAQ6AEwAzgK#v=onepage&q=%22Pequeno%20Braban%C3%A7on%22&f=false dicionário] de [[Cinologia]]. Todavia, as entidades cinófilas - [http://www.cbkc.org/padroes/pdf/grupo2/filabrasileiro.pdf CBKC] do Brasil, [http://www.cpc.pt/?racas/reconhecidas/gr01 CPC] de Portugal e [http://www.fci.be/nomenclature.aspx FCI] - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a [[Enciclopédia Conhecer]] (vol. II, p. 414)}}{{FCI-Grupo01}}{{esboço-cão}}
 
{{FCI-Grupo01}}
 
{{esboço-cão}}
 
{{Portal3|Zoologia}}
 
163 190

edições