Diferenças entre edições de "Programa de auditório"

282 bytes adicionados ,  22h50min de 21 de agosto de 2012
(Revertidas edições de Mmathias para a última versão por 189.102.37.34 usando Reversão e avisos (Viola o principio da imparcialidade))
 
[[Silvio Santos]] estreou em [[1966]], na [[TV Globo]], com um programa de quatro horas de duração nas tardes de domingo. Desde então os domingos à tarde passaram a ser marca registrada de Silvio. Seu programa era composto por gincanas, premiações e música. Em [[1976]] migrou para a [[TVS]] e em [[1981]] para o [[SBT]]. Seu "pacote" de programas é um dos mais antigos ainda em atividade da televisão brasileira. As atrações sempre se renovam contando com [[show de calouros]], concursos de dança, game shows entre outros.
 
[[Édson Cury]] apresentou, na [[Rede Bandeirantes]], o [[Clube do Bolinha]] de 1974 a 1994, nas tardes de sábado. Sempre com muita irreverência, o programa revelou muitos talentos da música brasileira, pois era uma vitrine para artistas consagrados ou em começo de carreira.
 
Rivais na audiência com [[Domingão do Faustão]] e [[Domingo Legal]], [[Fausto Silva]] e [[Augusto Liberato]] começaram, respectivamente, nos programas [[Perdidos na Noite (programa de TV)|Perdidos na Noite]] e [[Viva a Noite]]. Outro marco da época moderna da televisão foi o [[Programa Livre]], de [[Serginho Groisman]], que estreou em [[1991]]. O programa era composto por uma platéia de jovens que interagiam diretamente com os convidados fazendo perguntas e debatendo temas. O formato do programa está sendo reutilizado no [[Altas Horas]], também de Serginho.
80

edições