Diferenças entre edições de "Martinho de Dume"

48 bytes adicionados ,  10h06min de 24 de agosto de 2012
sem resumo de edição
 
[[Imagem:Martinho de Dume.JPG|thumb|left|Estátua de S. Martinho de Dume]]
{{Info/Santos
|nome =São Martinho Dume
|venerado_em =
|imagem =MartindeBraga-Albelda.jpg
|tamanho =300px200px
|legenda =Representação de São Martinho de Dume numa miniatura do ''[[Crónica Albeldense|Códice Albeldensis]]'', c. [[976]] (Biblioteca do [[Mosteiro e Sítio do Escorial|Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial]], [[Madrid]]). À esquerda, junto da cabeça do santo, pode-se ler ''Martinus ep'''is'''c'''o'''p'''u'''s bracarensis''.
|títulos =
|autor_passagem =
}}
'''Martinho de Dume''', ou '''Martinho Dumiensede Braga''' ou(Panónia, aindac.510/5 - Braga, 579/80), também conhecido como '''Martinho de BragaDumiense''' (ou, '''Martinho Bracarense''') são os vários nomes por que é conhecidoou ''Martinho da Panónia'', foi um [[diocese de Braga|bispo de Braga]] e de [[diocese de Dume|Dume]] considerado [[santo]] pela [[Igreja Católica]]. Martinho nasceu na [[Panónia]], actual [[Hungria]], no [[século VI]]. É conhecido como o "[[apóstolo]] dos [[suevos]]", por ser considerado o maior responsável pela sua conversão do [[arianismo]] ao [[catolicismo]].
 
Martinho nasceu na [[Panónia]], actual [[Hungria]], no [[século VI]]. É tido como o '''apóstolo dos [[Suevos]]''', responsável maior pela sua conversão do [[arianismo]] ao [[catolicismo]].
 
==Biografia==
 
Estudou [[língua grega|grego]] e ciências eclesiásticas no [[Oriente]]. De volta ao [[Ocidente]], dirigiu-se para [[Roma]] e para a [[França]], para continuar os estudos<ref>[http://evangelhoquotidiano.org/main.php?language=PT&module=saintfeast&id=11631&fd=0 São Martinho de Dume, bispo, +579, evangelizo.org, 22 de Outubro de 2011]</ref>, onde visitou o túmulo do seu conterrâneo [[Martinho de Tours]].
 
 
Para além de batalhador pela ortodoxia contra os arianos, foi também um fecundo escritor. Entre as principais obras, citamos: ''Escritos canônicos e litúrgicos''. Destacou-se também como tradutor (designadamente, dos ''Pensamentos dos padres egípcios'').
 
[[Imagem:Martinho de Dume.JPG|thumb|left|upright|Estátua de S. Martinho de Dume]]
 
Martinho de Dume é também uma figura de capital importância para a história da cultura e língua portuguesas; de facto, considerando indigno de bons cristãos que se continuasse a chamar os dias da semana pelos nomes [[latim|latinos]] pagãos de ''Lunae dies, Martis dies, Mercurii dies, Jovis dies, Veneris dies, Saturni dies e Solis dies'', foi o primeiro a usar a terminologia eclesiástica para os designar (''Feria secunda, Feria tertia, Feria quarta, Feria quinta, Feria sexta, Sabbatum, Dominica Dies''), donde os modernos dias em [[língua portuguesa]] ([[segunda-feira]], [[terça-feira]], [[quarta-feira]], [[quinta-feira]], [[sexta-feira]], [[sábado]] e [[domingo]]), caso único entre as línguas novilatinas, dado ter sido a única a substituir inteiramente a terminologia pagã pela terminologia cristã.
3 491

edições