Diferenças entre edições de "Tozeur"

4 172 bytes adicionados ,  07h05min de 27 de agosto de 2012
sem resumo de edição
(+trad)
|sítio =[http://www.commune-tozeur.gov.tn/ www.commune-tozeur.gov.tn]
}}
'''Tozeur''' (pronúncia aproximada: ''tózâr'';{{Ref label2|a}} {{Langx|ar|توزر}}) é uma cidade e um [[oásis]] do [[deserto do Saara]], situado no sul da [[Tunísia]]. É a capital da [[Delegações da Tunísia|delegação]] (espécie de distrito ou grande município) homónima e da [[Províncias da Tunísia|província]] (''gouvernorat'') de [[Tozeur (província)|Tozeur]]. Em 2004 a delegação tinha {{formatnum:32400}} habitantes.<ref name=ins1 />
 
Situada num oásis nos limites norte do [[Chott el Jerid]] e do Saara, no coração da região do {{ilc|Djerid||Jérid|Jerid}}, a cidade tem um passado religioso importante e nela viveram alguns eruditos [[muçulmanos]] célebres, o que é atestado pelos inúmeros [[marabuto]]s espalhados pela região. Desde os anos 1970, a região de Tozeur foi usada para a rodagem de algumas grandes [[Cinema|produções cinematográficas]], como ''[[Star Wars]]'' e o [[O Paciente Inglês (filme)|''O Paciente Inglês'']].
 
O [[jardim zoológico]] dito do [[deserto]] alberga uma série de animais do deserto, como [[serpente]]s, [[Escorpião|escorpiões]], [[gazela]]s, [[Feneco|raposas-do-deserto]], [[Chacal|chacais]], [[Leão|leões]], etc., além de uma das figuras turísticas mais famosas da Tunísia: o [[camelo]] que bebe [[Coca-Cola]] pela garrafa, e que, a par das demonstrações ao vivo com cobras, escorpiões e alguns répteis, é mais um espetáculo obrigatório no roteiro das excursões de turistas típicas dos percursos do sul da Tunísia.
 
<!-- Agriculture ... -->
==Economia==
===Agricultura===
A região de Tozeur continua a viver essencialmente da sua vida "oasiana": a [[agricultura]] é ainda a principal atividade da cidade e metade dos {{formatnum:100000}} habitantes da região dependem desse stor. A organização agrícola, outrora centrada numa utilização razoável da água, permitia uma produção [[Horticultura|hortícola]] e [[Fruticultura|frutícola]] importante no [[palmeira]]l (diversos tipos de [[verduras]], [[acelga]], [[cenoura]], [[banana]], [[tâmara]]s, etc.) que assegurava a autossuficiência da população. Desde o {{séc|XIV}} que o plano de irrigação através das ''[[seguia]]s'' assegurava a repartição da água gratutitamente através de ''gadus'' ([[ampulheta]]s hidraúlicas), cujo nome deriva do {{ling|la}} ''cadus'' ([[clepsidra]]), por sua vez com origem do {{ling|el}} ''kados''.
 
A sobrevivência de tal termo desde a [[Antiguidade]] mostra até que ponto a região de Tozeur foi influenciada pelas culturas mediterrânicas que trouxeram o seus conhecimentos em matéria de agricultura e de técnicas de irrigação relacionadas com o ambiente do oásis. Depois de projetos de irrigação e da fixação dos [[nómadas]] tendo em vista a educação das crianças desde os anos 1990, a agricultura foi fortemente desenvolvida. Foram criados novos oásis e os palmeirais existentes foram desenvolvidos; a área dedicada à cultura de palmeira duplicou em vinte anos, resultando numa renovação do setor agrícola em termos quantitativos, qualitativos e de empregos associados. O trabalho nos palmeirais, sendo no essencial sazonal (manutenção, [[polinização]] artificial, colheita), permite que os operários agrícolas tenham uma segunda ocupação. Contudo, segundo alguns estudiosos, a situação dos agricultores degradou-se significativamente no {{séc|XX}}, pois a água tornou-se "um bem como os outros" ao começar a ser paga e o seu preço de três a cinco cêntimos de [[Dinar tunisiano|dinares]] por [[metro cúbico]] de água para rega semanal, levou muitos agricultores a trabalhar no setor turístico. Já segundo outras fontes, o custo anual da irrigação de 50&nbsp;[[hectare]]s de palmeiral equivale à produção de tâmaras de duas árvores.
 
A produção anual de tâmaras é de cerca de {{fmtn|35000|toneladas}}, um terço da produção nacional da Tunísia, das quais {{formatnum:4000}} provenientes de [[agricultura biológica]] e dois terços são da variedade de alta qualidade ''[[deglet nour]]'', uma das mais apreciadas, por vezes chamada de "rainha das tâmaras" e "sol em miniatura". As autoridades governamentais tenta fomentar a prática da cultura em três níveis: hortícolas no solo, árvores de fruto no nível intermédio e palmeiras no nível superior.
 
===Turismo===
No início dos anos 1990, o governo tunisino iniciou o desenvolvimento do turismo saariano. Foram construídos doze hotéis de qualidade, para atrair turistas em pacotes de férias. Em maio de 2008, a região que inclui Tozeur, Nefta e [[Tamerza]] contava com 41 unidades hoteleiras, três delas de cinco estrelas, que em 2007 acolheram {{formatnum:338000}} vistantes. No entanto, segundo alguns observadores, só uma pequena parte dos hotéis pertencem a locais e a maior parte dos lucros do turismo vão para as grandes empresas do norte do país. O setor turístico gera {{formatnum:2500}} empregos diretos e {{formatnum:5000}} indiretos.
 
A duração média das estadias dos turistas continua a ser muito pequena; alguns explicam isso pelo facto de que a maior parte dos visitantes pertencem a excursões organizadas a partir das estações balneares do litoral, enquanto que outros sustentam que a situação se deve à orientação para um turismo de gama alta. O {{ilc|aeroporto internacional de Tozeur-Nefta||Aeroporto Internacional de Tozeur-Nefta|Aeroporto de Tozeur}}, em funcionamento desde 1980 e dedicado a ''[[charter]]s'' teve um movimento anual de {{formatnum:86000}} passageiros em 2007, bastante distante da sua capacidade de {{formatnum:400000}}.
 
Em novembro de 2006 foi inaugurado em pleno deserto um [[campo de golfe]], o ''Golf des Oasis''.
<!---
selon Claude Llena, ce golf touche les abords ...
--->
==Notas e referências==
{{Commonscat}}
{{Tradução/ref|fr|Tozeur|80598584}}
 
{{Note label2|a}} Pronúncia Aquiloaproximada: que''tózâr'' aqui(a secom designao comosom aproximado de "ana"). Entenda-se "pronúncia aproximada" não deve ser entendida como um substituto do uso do alfabeto fonético internacional, poismas apenas é usada nouma artigoforma parade dar uma ideia aproximada do som da palavra, o qual difere sensivelmente daquilo que alguns leitores poderão ser levados a pensar devido à fonética de "eu" em {{ling|fr}} ser completamente diferente da do {{ling|pt}}.
 
{{Note label2|b}} O nome da [[cultura capsiana]] tem origem na cidade de [[Gafsa]], situada 90&nbsp;km a nordeste da cidade. A região de Tozeur faz parte do chamado núcleo originário da cultura capsiana.