Abrir menu principal

Alterações

850 bytes adicionados ,  09h02min de 13 de setembro de 2006
Colaboração da Semana (páginas sem saída)
A primitiva '''Capela da Misericórdia''', situada na [[Nazaré (freguesia)|Nazaré]] ([[Portugal]]), foi criada para albergar a Irmandade da Misericórdia da Pederneira instituída antes de [[1561]], que tinha como principal função administrar o Hospital da Pederneira.
 
Em [[1877]], a irmandade foi extinta e os seus bens passaram para a Real Casa de Nossa Senhora da Nazaré, que fundou um Hospital no Sítio da Nazaré, para continuar a acção de assistência daquela Misericórdia. Provavelmente, à época, o antigo hospital e a casa da irmandade, de que restam o [[portal (arquitectura)|portal]] de acesso e uma escada no alçado oeste da igreja, já estivessem num estado próximo da ruína.
 
==Caracterização==
O edifício, ao gosto da arquitectura religiosa [[maneirismo|maneirista]], é constituída pelo corpo da igreja, de [[planta (arquitectura)|planta]] rectangular simples, que contém adossado um segundo corpo quadrangular referente à [[sacristia]].
 
O interior de [[nave (arquitectura)|nave]] única, , contém pavimento de taburnos coberto por uma falsa [[abóbada]] de madeira, em [[arco]] abatido. No alçado Oeste, abre-se uma curiosa tribuna, formada por cinco grupos de colunas[[coluna]]s [[ordem jónica|jónicas]], em [[mármore]], de [[fuste]] canelado que sustentam um [[entablamento]] no mesmo material. Esta tribuna actualmente não possui qualquer acesso, pois comunicava com o antigo hospital.
Descrição
 
A [[Capela-Mormor]] está demarcada do corpo da igreja através de uma cota mais elevada e de uma [[balaustrada]] em madeira. No [[altar|altar-mor]] encontra-se uma imagem do Senhor dos Passos, e uma imagem de Cristo morto. Os altares laterais, em [[talha dourada]], têm nichos[[nicho]]s centrais contendo imagens, ladeados por colunas estriadas, nomeadamente do lado direito o Senhor da Cana Verde e do lado esquerdo Nossa Senhora das Dores. Do [[púlpito]] destaque para o [[dossel]], em talha dourada, de grande beleza.
O edifício, ao gosto da arquitectura religiosa maneirista, é constituída pelo corpo da igreja, de planta rectangular simples, que contém adossado um segundo corpo quadrangular referente à sacristia.
 
Sobre a porta principal encontra-se um painel seiscentista de azulejos[[azulejo]]s polícromes que conta como figura central a Virgem da Misericórdia.
O interior de nave única, , contém pavimento de taburnos coberto por uma falsa abóbada de madeira, em arco abatido. No alçado Oeste, abre-se uma curiosa tribuna, formada por cinco grupos de colunas jónicas, em mármore, de fuste canelado que sustentam um entablamento no mesmo material. Esta tribuna actualmente não possui qualquer acesso, pois comunicava com o antigo hospital.
 
A igreja está classificada desde [[1978]] como [[Imóvel de Interesse Público]].
A Capela-Mor está demarcada do corpo da igreja através de uma cota mais elevada e de uma balaustrada em madeira. No altar-mor encontra-se uma imagem do Senhor dos Passos, e uma imagem de Cristo morto. Os altares laterais, em talha dourada, têm nichos centrais contendo imagens, ladeados por colunas estriadas, nomeadamente do lado direito o Senhor da Cana Verde e do lado esquerdo Nossa Senhora das Dores. Do púlpito destaque para o dossel, em talha dourada, de grande beleza.
 
=={{links externos}}==
Sobre a porta principal encontra-se um painel seiscentista de azulejos polícromes que conta como figura central a Virgem da Misericórdia.
* [http://www.ippar.pt/pls/dippar/pat_pesq_detalhe?code_pass=73956 Sobre a igreja, página do inventário do IPPAR].
* [http://www.monumentos.pt/Monumentos/forms/002_B.aspx Página do inventário da DGEMN (Direcção Geral de Monumentos Nacionais)] Na caixa de busca do Nº IPA inserir o código PT031011020004 para aceder à página de descrição da igreja.
 
 
[[categoria:Igrejas de Portugal|Misericórdia da Pederneira]]
[[categoria:Imóveis de interesse público em Portugal]]
 
{{semiw}}
 
{{semimagem-arq}}
36 646

edições