Bicentenaria argentina: diferenças entre revisões