Diferenças entre edições de "Grécia otomana"

15 bytes removidos ,  23h51min de 25 de setembro de 2012
(→‎História: clean up e ajustes/correções utilizando AWB)
A maior parte da Grécia gradualmente tornou-se parte do [[Império Otomano]] no [[século XV]] até a sua declaração de independência em [[1821]]; um período histórico, também conhecido como '''Tourkokratia''' (em [[grego]]: Τουρκοκρατία, "governo turco").
 
O [[Império Bizantino]], que tinha governado a maior parte do mundo grego por mais de 1100 anos, tinha sido fatalmente enfraquecido desde o [[Quarta Cruzada|saque de Constantinopla]] pelos [[cruzados]] em [[1204]].
 
O avanço otomano na Grécia foi precedido pela vitória sobre os [[sérvios]] para o seu norte. Primeiro, os otomanos venceram em [[1371]] no [[Rio Maritsa]] - onde as forças sérvias foram lideradas pelo rei [[Vukašin Mrnjavčević]], o pai de [[Marco da Sérvia|Marko Kraljevic]] e co-regente do último imperador da dinastia sérvia [[Nemanjic]]. Este foi seguido por mais uma vitória otomana na [[batalha do Kosovo]] de [[1389]].