Princípio de sucessão faunística: diferenças entre revisões

552 bytes adicionados ,  21h29min de 28 de setembro de 2012
sem resumo de edição
( nova página: O '''princípio de Sucessão faunística''' ou '''princípio da identidade paleontológica''', diz que os grupos de fósseis (animal ou vegetal) ocorrem n...)
 
O '''princípio de Sucessão faunística''' ou '''princípio da identidade paleontológica''', diz que os grupos de [[fóssil|fósseis]] (animal ou vegetal) ocorrem no registo geológico segundo uma ordem determinada e invariável, de modo que, se esta ordem é conhecida, é possível determinar a idade relativa entre camadas a partir de seu conteúdo fossilífero. Esse princípio, inicialmente utilizado como um instrumento prático, foi posteriormente explicado pela [[teoria da evolução]] de [[Charles Darwin]]. Diversos períodos marcados por extinção de grande parte do conteúdo fossilífero são conhecidos na história da Terra e levaram ao desenvolvimento da [[teoria do catastrofismo]].
Graças a novas tecnologias hoje é possível determinar a idade absoluta das rochas. Pelo método radiométrico. Onde leva-se em consideração a meia vida do elementos radiativos.
Método do carbono 14 “material de origem orgânica”; é o método mais utilizados para estudos arqueológicos. Pois seu tempo de meia vida é de 5730 anos ficando difícil datar fosseis com idade superior à 5000 anos.
Método por minerais radiativos “rochas”: possibilita a datação em períodos de tempo maior que o C14 podendo chegar à bilhões de anos.
]].
 
==Ver também==
Utilizador anónimo