Abrir menu principal

Alterações

188 bytes removidos, 13h08min de 2 de outubro de 2012
m
Revertidas edições por O ec para a última versão por Francisco Leandro, de 12h48min de 2 de outubro de 2012 (UTC)
Nas [[Bolsa de valores|bolsas de valores]], um '''''crash''''' ou '''crache'''<ref>[http://www.portaldalinguaportuguesa.org/index.php?action=estrangeirismos&act=list&letter=c Portal da Língua Portuguesa &ndash; Dicionário de Estrangeirismos]</ref> é uma queda profunda e inesperada do [[preço]] das [[Ação (bolsa de valores)|acções]].
 
''Crashes'' são geralmente provocados por [[pânico]], associado a fatores econômicos subjacentes. Geralmente ocorrem após uma "bolha" [[especulação|especulativa]] no [[Mercado de ações|mercado]], quando grandes volumes de ações são negociados a preços consideravelmente descolados do [[valor]] intrínseco dessas ações.
No [[Brasil]], os crashes de maior repercussão na vida cotidiana da população foram os de [[encilhamento|1890]] e 1971. O de 1989 que levou à quebra da [[Bolsa de Valores do Rio de Janeiro|Bolsa carioca]] teve repercussão mais entre os profissionais do mercado.<ref>Marta Barcellos & Simone Azevedo; "Histórias do Mercado de Capitais no Brasil" [[Editora Campus-Elsevier|Campus Elsevier]] 2011 ISBN 8535239944</ref>
 
{{esboço-economia}}
 
{{referências}}