Abrir menu principal

Alterações

708 bytes adicionados, 15h51min de 3 de outubro de 2012
m
a edição do livro em questão chama-se "Auto-retrato do Escritor enquanto Corredor de Fundo", se não há uma única edição adaptando ao mais recente acordo ortográfico não vejo porque se há de ser mais papista que o Papa. Está a um nível idêntico a limpeza do ''redirect'' com o nome certo, pese embora o "enquanto" devesse estar em minúsculas.
Do que vi na convenção de nomenclaturas também não encontrei justificação para esta mudança. Consequentemente parece-me justificada a alteração para um título menos futurista com a primeira palavra com hífen. [[Usuário:Epinheiro|Eduardo]] <sup>[[Usuário Discussão:Epinheiro|話]]</sup> 15h33min de 3 de outubro de 2012 (UTC)
 
::Ainda bem que a sua argumentação assenta em exemplos comparáveis. Do ponto de vista (friso aqui o sentido literal) do '''editor''' e do '''comprador''' de livros o que se pode observar que existe é "Canaã", "Marília de Dirceu" e "Auto-retrato (...)". Portanto parece-me critério suficiente para manter no mínimo o ''redirect''. Na medida da sua disponibilidade, acho bastante prioritária a intervenção em clássicos da língua ainda expressando o seu título em forma profana à mesma, como "[[Os Lusíadas]]" e "[[O Crime do Padre Amaro]]" e solicito a mesma. Cumprimentos, [[Usuário:Epinheiro|Eduardo]] <sup>[[Usuário Discussão:Epinheiro|話]]</sup> 15h51min de 3 de outubro de 2012 (UTC)
26 916

edições