Diferenças entre edições de "Princípio de Hamilton"

1 byte removido ,  08h28min de 10 de outubro de 2012
sem resumo de edição
m (Acréscimo de "references" ao fim das referências específicas.)
[[Imagem:Leastaction.JPG|right|thumb|Na imagem aparecem uma carga positiva fixa (em vermelho) e um elétron livre (em azul). De todas as trajetórias possíveis, qual escolherá o elétron? O '''princípio da ação mínima''' determina que o caminho 1 será o eleito.]]
 
Na [[física]], o '''Princípio de Hamilton''', inadivertidamenteinadvertidamente por vezes conhecido como '''Princípio de Mínima Ação''', ou popularmente por '''princípio do menor esforço''', estabelece que a [[ação (física)|ação]] - uma grandeza física com dimensão equivalente à de energia multiplicada pela de tempo (joule-segundo no [[Sistema Internacional de Unidades|S.I.]]) - possui um valor estacionário - é [[máximo]], [[mínimo]], ou um [[ponto de sela]] - para a [[trajetória]] que será efetivamente percorrida pelo sistema em seu [[espaço de configuração]] <ref group="Ref." name="ClassicalDynamicsThornton"/>.
 
Embora por alguns inadequadamente assumido como um princípio de mínima ação - talvez por razões históricas atrelada as primeiras proposições de princípio semelhante, entre outros por [[Pierre-Louis Moreau de Maupertuis]] - a condição extrema da ação conforme postulada pelo princípio de Hamilton nem sempre é caracterizada pela condição de mínima ação. A presença de uma condição de máximo, mínimo ou sela deve a rigor ser determinada a posteriori - após conhecida a trajetória que extremiza a ação - entre outros mediante o uso do [[teorema de Morse]], a exemplo <ref group = "Ref." name = "TopicoMecAguiar"/>.
22

edições