Abrir menu principal

Alterações

40 bytes adicionados ,  15h37min de 15 de outubro de 2012
m
clean up e ajustes/correções utilizando AWB
{{sem-fontes|data=Julho de 2008}}
{{revisão|data=janeiro de 2012}}
'''Barão de Juparanã''' é um [[distrito]] de [[Valença (Rio de Janeiro)|Valença]], no [[uf|estado]] do [[RJ|Rio de Janeiro]].
 
'''Barão de Juparanã''' é um [[distrito]] de [[Valença (Rio de Janeiro)|Valença]], no [[ufUnidade da Federação|estado]] do [[RJ|Rio de Janeiro]].
Possui área de 66,43 [[km]]², população de 4.700 moradores, segundo o Censo 2010 do [[IBGE]] e está a 24 km de distância da sede municipal, 9 km de [[Vassouras]] e 128 km do [[Rio de Janeiro (cidade)| Rio de Janeiro]].
 
Possui área de 66,43 [[km]]², população de 4.700 moradores, segundo o Censo 2010 do [[IBGE]] e está a 24 km de distância da sede municipal, 9  km de [[Vassouras]] e 128  km do [[Rio de Janeiro (cidade)| Rio de Janeiro]].
 
O termo "[[Juparanã]]" é de origem [[indígena]] e quer dizer, em [[tupi guarani]], "Rio Grande". Esta homenagem foi feita ao [[Barão de Juparanã]], que veio a ser o maior benfeitor do local. Filho do [[Marquês de Baependi]], eram proprietários de várias fazendas nas margens valencianas do [[Rio Paraíba do Sul]]. A principal, onde a família viveu os áureos tempos do [[café]], foi a [[Santa Mônica]] onde faleceu o [[Duque de Caxias]] e que hoje sedia atividades de [[extensão universitária|extensão]] da [[Faculdade de Medicina Veterinária de Valença]].
Entre os eventos, a [[Festa de São Jorge]], no final do mês de abril, é famosa pela [[procissão]] a [[cavalo]] que atrai centenas de [[cavaleiro]]s.
 
{{esboço-geografia}}
 
{{Sem interwiki|data=janeiro de 2012}}
156 419

edições