Diferenças entre edições de "Foguete Sonda"

762 bytes removidos ,  10h59min de 27 de outubro de 2012
==Sonda I==
{{Artigo principal|Sonda I}}
Em 1965 o Brasil precisava honrar acordos de pesquisa meteorológicas com outros Países e só dispunha de foguetes Americanos para tal. Naquela época, o GTEPE, por intermédio do que viria a se tornar mais tarde o [[CTA]] e em conjunto com a [[Avibras]], iniciaram o desenvolvimento do primeiro foguete de sondagem [[meteorologia|meteorológica]] Brasileiro o ''DM-6501'', que viria a ser conhecido mais tarde como '''Sonda I'''. Esse foguete foi uma evolução técnica sobre o foguete '''[[ARCAS (foguete)|Arcas]]''' Americano.<ref name="EHPE"></ref>
sondagem [[meteorologia|meteorológica]], o '''Sonda I'''. Esse foguete foi uma evolução técnica sobre o foguete '''[[ARCAS (foguete)|Arcas]]''' Americano.
Naquela época o Brasil precisava honrar acordos de pesquisa meteorológicas com outros Países e só dispunha de foguetes Americanos para tal.<ref name="EHPE"></ref>
 
Inúmeras tecnologias foram desenvolvidas e transferidas para a indústria, o que significou uma economia de divisas superior a US$ 1 milhão por mês. Mais de 200 foguetes '''Sonda I''' foram lançados da [[CLBI|Barreira do Inferno]], em [[Natal (Rio Grande do Norte)|Natal]], todos com dificuldades técnicas, sendo o último em 1977.
foguetes '''Sonda I''' foram lançados da [[CLBI|Barreira do Inferno]], em [[Natal (Rio Grande do Norte)|Natal]], todos com dificuldades técnicas, embora passando
por modificações continuadas,sendo o último em 1977.
 
Embora o Sonda I não tenha conseguido alcançar a posição de foguete operacional, pode-se dizer, entretanto, que ele foi o primeiro passo na busca tecnológica para
os outros desenvolvimentos. Foi o Sonda I que propiciou os primeiros contatos com a indústria de compostos químicos, de tubos e artefatos que hoje são comuns nos
foguetes que estão sendo fabricados no Brasil.<ref name="NDMS"></ref>
 
O foguete '''Sonda I''' foi projetado para ser aplicado em estudos da alta [[atmosfera]] e se destinava a transportar cargas úteis [[meteorologia|meteorológicas]] de 4,5 [[kg]] a 70 [[km]] de [[altitude]]. Esse foguete serviu, principalmente, como escola no campo de [[propelente]]s sólidos e outras tecnologias e para o desenvolvimento de foguetes de curto alcance.
 
;Características
12 334

edições