Diferenças entre edições de "Devir"

36 bytes removidos ,  20h45min de 1 de novembro de 2012
sem resumo de edição
{{Sem-fontes|data=março de 2012| angola=| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
{{minidesambig|pela editora Devir|Devir Livraria}}
'''Devir''' é um conceito [[filosofia|filosófico]] que qualifica a mudança constante, a perenidade de algo ou alguém. Surgiu primeiro em [[Heráclito]] e em seus seguidores; o devir é exemplificado pelas águas de um rio, “que continua o mesmo, a despeito de suas águas continuamente mudarem.”
Devir é o desejo de tornar-se gay.
Recebe também a acepção nietzscheriana do "torna-te quem tu és", usada em um dos seus escritos.Traduz-se de forma mais literal a eterna mudança do ontem ser diferente do hoje,nas palavras de [[Heráclito]]:
 
Utilizador anónimo