Diferenças entre edições de "Papa Adriano II"

310 bytes adicionados ,  23h03min de 4 de novembro de 2012
sem resumo de edição
m (r2.7.3) (Robô: A adicionar: el:Πάπας Αδριανός Β΄)
'''Adriano Collona''' ([[792]] — [[14 de dezembro]] de [[872]]) foi um [[papa]] eleito em [[14 de dezembro]] de [[867]].
 
Nasceu em [[Roma]] e foi eleito em 14 de dezembro de [[867]]. Conhecido por ser caridoso e amável, descendente de uma família romana que já havia dado dois pontífices à Igreja (Estevão III e [[Papa Sérgio II|Sérgio II]]). Adriano já tinha setenta e cinco anos, e já em duas ocasiões tinha recusado a nomeação. Esteve casadoCasou-se antes de receber as ordens sagradas.
 
Coroou [[Alfredo, o Grande]], [[Rei]] da [[Inglaterra]] (que foi o primeiro soberano inglês abençoado em [[Roma]]). Tentou apaziguar as discórdias entre os povos [[católicos]] e convocou o [[Oitavo Concílio Ecumênico]], em [[Constantinopla]], ao qual mandou dez legados. Enviou [[São Cirilo, o Filósofo|São Cirilo]] e [[Metódio|São Metódio]] para pregarem aos [[eslavos]]. Deu permissão para celebrar a liturgia na língua eslava.
 
Morreu em 14 de dezembro de 872.
 
==Tragédia familia==
O papa Adriano era casado com Estefânia e com ela tivera uma flha. Após sua eleição como papa, elas passaram a viver no Palácio Laterano quando Eleutério, irmão do papa rival [[Antipapa Anastácio III| Atanásio III]] assassinou-as no ano 868.
 
{{SucessãoPapas
[[Categoria:Controvérsia de Fócio]]
[[Categoria:Papas sepultados na Basílica de São Pedro]]
[[Categoria: Bispos católicos casados]]
 
[[af:Pous Adrianus II]]
1 224

edições