Diferenças entre edições de "Saadia Gaon"

271 bytes adicionados ,  13h22min de 12 de novembro de 2012
m
sem resumo de edição
m (r2.7.1) (Robô: A adicionar: nl:Saadia Gaon)
m
{{mais notas|data=novembro de 2012}}
'''Ben Josef al Fayyum''', ou ainda, '''Saadia Gaon''' (סעדיה גאון- ''o chefe''), nascido em Dijaz, Fayyum, [[Egipto|Egito]] em [[892]] d.C. e morto em [[943]] d.C. (outros dizem [[884]]-[[944]], ou ainda [[942]]) foi um [[Filosofia|filósofo]] de origem judaica, tornou-se em [[928]], chefe (Gaon) da Escola de Sora (ou Sura), por iniciativa das autoridades judaicas superiores de [[Babilônia]].<ref>{{Citar web|lingua2=en|url=http://www.chabad.org/library/article_cdo/aid/112319/jewish/Rabbi-Saadia-Gaon.htm|título=Rabbi Saadia Gaon - (4642-4702; 882-942) - The Age of Scholarship|acessodata=12.nov.2012</ref>
 
Ideologicamente contrário ao rigor e tradicionalismo do [[Caraísmo]], defendeu uma interpretação da lei judaica segundo a forma humanizantes dos [[Talmud|talmudistas]]. Em virtude de suas reflexões entre as relações entre a religião e a filosofia, passou a ser considerado o primeiro filósofo do [[Judaísmo]].
* Livro das crenças e das opiniões (Kitab al-amanat wab-l'tikadad), traduzida para o [[hebraico]] por Yehudá ibn Tibon, sob o título Sefer ha-Emunoth Vedeot (1186);
* Dicionário (Agron),considerado o primeiro dicionário [[hebraico]] e uma tradução das Escrituras para o [[árabe]].
 
{{Referências}}
 
[[Categoria:Rabinos da Idade Média]]
1 603

edições