Diferenças entre edições de "Trilha das Lágrimas"

60 bytes adicionados ,  08h07min de 23 de novembro de 2012
m
Bot: Correcção de afluentes
m (r2.7.1) (Robô: A modificar: nl:Trail of Tears)
m (Bot: Correcção de afluentes)
A nação Choctaw ou Chacta vivia no que atualmente são os estados americanos de [[Alabama]], [[Mississippi]] e [[Louisiana]]. Depois de uma série de tratados iniciados em 1801, os territórios dos índios estavam reduzidos a 45.000 Km2. O Tratado de Dancing Rabbit Creek cedeu à União os antigos territórios selvagens. O Tratado foi ratificado em 1831.
 
O Secretário da Guerra [[Lewis Cass]] foi indicado por George Gaines para gerenciar a remoção. Gaines decidiu que a remoção se daria em três fases, de 1831 a 1833: A primeira começou em 1 de novembro de 1831 com os grupos sendo reunidos em [[Memphis (Tennessee)|Memphis]] e [[Vicksburg]]. Inicialmente os índios Choctaws foram transportados em carroções mas as nevascas do inverno dificultaram esse procedimento. Com a diminuição da comida, os moradores de Vicksburg e Memphis ajudaram e conseguiram cinco barcos a vapor (o Walter Scott, o Brandywine, o Reindeer, o Talma e o Cleopatra). O grupo de Memphis viajou pelo Arkansas por 95&nbsp;km. Com a temperatura abaixando e os rios congelando, a viagem parou por semanas. A comida foi racionada. Quarenta carroções do governo foram enviados à Arkansas Post e levaram os nativos para [[Little Rock]]. Foi ao chegar a esse local que o chefe (Thomas Harkins ou Nitikechi) disse ao jornal ''Arkansas Gazette'' que a remoção fora uma "''trail of tears and death''" (uma trilha de lágrimas e morte).<ref name=chris_watson>
{{cite web
| url = http://www.thebicyclingguitarist.net/studies/trailoftears.htm
[[Ficheiro:Alexis de tocqueville.jpg|right|thumb|200px|Alexis de Tocqueville, político, historiador e pensador francês]]
 
O filósofo francês [[Alexis de Tocqueville]] testemunhou a remoção Choctaw em [[Memphis (Tennessee)|Memphis]] (1831)(tradução aproximada):
 
{{cquote|''Pairava no ar um sentimento de ruína e destruição, o fim dos atraiçoados e um inexorável ''adieu''; ninguém poderia assistir aquilo sem sentir um aperto no coração. Os índios estavam quietos, sombrios e taciturnos. A um deles que falava inglês eu perguntei porque os Chactas estavam deixando suas terras. "Para ser livre," o nativo me respondeu. Nós... assistíamos era a expusão... de um dos mais famosos e antigos povos americanos.''|20px|20px|- Alexis de Tocqueville, ''Democracy in America''<ref name=tocqueville>
== Remoção dos Chickasaw ==
 
Ao contrário das outras tribos, os Chickasaw receberam indenização financeira do governo por suas terras a leste do Rio Mississippi. Em 1836 os Chickasaws concordaram com o negócio após conversações que duraram cinco anos. O primeiro grupo de Chickasaws partiu em 1837 e foram liderados por John M. Millard. Reunidos em [[Memphis (Tennessee)|Memphis]] em 4 de julho de 1837, os indios cruzaram o rio Mississippi seguindo as rotas usadas pelos Choctaws e Creeks. No Terrítório Indígena, os Chickasaws se misturaram aos Choctaw e formaram depois de muito tempo, a Nação Chickasaw.
 
== A remoção forçada Cherokee ==
1 004 703

edições