Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho ,  11h49min de 28 de novembro de 2012
m
Typo fixing, typos fixed: principio → princípio, 30/09/1985 → 30 de setembro de 1985 (2), 10/01/96 → 10 de janeiro de 1996, 30/06/77 → 30 de junho de 1977, 30/09/85 → 30 de utilizando AWB (8686)
 
==Origem==
A origem da profissão de Secretária Executiva vem dos antigos faraós, naquela época exercida apenas por homens, os chamados [[Escribas|escribas]]. O principioprincípio histórico de várias profissões indica que tenham se originado com eles, mas em nenhuma delas esse indício é tão forte como na função de Secretária Executiva. Suas funções eram conhecidas por realizar atividades de grande expressão intelectual, principalmente a escrita, que na época era privilégios para poucos. Os escribas eram responsáveis também por assessorar, a mando dos regentes de guerra, a filosofia e política da época.
 
Nos tempos de [[Alexandre, o Grande|Alexandre, O Grande]] o secretariado podia ser considerada uma profissão um pouco perigosa, pois além de arcar com os trabalhos de esforços intelectuais, eles tinham a obrigação de acompanhar os guerreiros na batalha e lutar juntamente, além de serem responsáveis por registrar as histórias das conquistas de Alexandre, O Grande.
Na [[Idade Média]] os secretários se viram novamente com a obrigação de lidar com a espada, com o [[Pergaminho|pergaminho]] e a pena (instrumento utilizado para escrever). Uma forma encontrada pelos secretários para amenizar esta situação foi adotar os hábito dos [[Monges|monges]]. Assim sendo em meados do século XIV cerca de 70% da classe secretarial originava-se dos monastérios, sendo boa parte dos secretários composta pelo sexo masculino.
Entre as anos de 1400 – 1700 com a revolução e [[Mercantilismo|mercantilismo]] reaparecem as necessidade de se ter um secretário porem muito discretamente. Na [[Revolução Industrial|revolução industrial]] de 1760 a nova estrutura empresarial exigiu as funções de assessoria administrativas, consolidando o papel do secretário função, esta exercida praticamente apenas por homens. Foi na [[2ª Guerra Mundial]] com a necessidade de mão de obra pela falta de homens que as mulheres tomaram espaço no mercado de trabalho, até o século XX as mulheres exerciam papeis limitados com funções rotineiras e grosseiras.
As mulheres começam a assumir os papeis de secretárias de uma forma mais feminina, consequentemente os homens se afastam da profissão de secretariado.
Nos anos 50 começa a aparecer a atuação da secretária na estrutura empresarial brasileira mas apenas executa algumas técnicas secretariais . Nos anos 60 mesmo com o inicio do treinamento gerencial as secretárias continuam a exercer tarefas simples.
Porem aos anos 70 surge a primeira associação é a partir daí começam as mudanças significativas nesta profissão. O secretario começam a ser reconhecido como membros da gerencia , com participação ativa em determinadas situações.as associações começam a atuar no Brasil com o intuito de buscar uma nova imagem para a visão profissional
Em 20/90/77 a lei 1421/77 instituiu o dia 30/06/77 de junho de 1977 como o Dia Nacional das Secretarias. Pelo aniversario de Lilian Scholles filha de Charles Schollers, inventor da [[Máquina de escrever|máquina de escrever]].
Nos anos 80 foi aprovado o [[Código de Ética Profissional]] da Secretaria Brasileira. Foi também nos anos 80 que foi sancionada a lei que regulamenta a profissão de secretario. Com esta lei foi estabelecido os critérios para o exercício das profissões. A profissionalização faz com que o secretario tenha mais responsabilidades e exercer sua profissão buscando aprimoramento das habilidades.
Hoje, no século XXI, o que prevalece no mercado é o sexo feminino, porém é possível encontrar homens nesta mesma profissão. Ter um secretário executivo nas organizações vem sendo pré requisito para o bom desenvolvimento empresarial.
 
===Regulamentação no Brasil===
Regulamentado [https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7377consol.htm pela lei 7.377] pelo DRT e possui um sindicato próprio [http://www.sinsesp.com.br/], uma federação nacional [http://www.fenassec.com.br/] e um código de ética [http://www.fenassec.com.br/codigo.htm]. A Lei 7377, de 30/09/ de setembro de 1985 vem para determinar a formação desejada e condicional para que se possa ser considerado profissional da área, também discorre sobre suas atribuições e sobre o direito assegurado de registro na antiga DRT - Delegacia Regional do Trabalho, atual SRTE-Superintendência Regional do Trabalho e Emprego. No site do [[MTE|MTE (Ministério do Trabalho e Emprego)]] é possível encontrar todas as informações necessárias sobre qual e a documentação necessária para tal registro.
 
==Descrição do Cargo==
 
==Lei da Regulamentação da Profissão de Secretário Executivo==
Lei 7377, de 30/09/85 de setembro de 1985 e Lei 9261, de 10/01/96 de janeiro de 1996
A Lei 7377, de 30/09/ de setembro de 1985 determina a formação desejada e condicional para que seja considerado profissional da área, também discorre sobre suas atribuições e sobre o direito assegurado de registro na antiga DRT - Delegacia Regional do Trabalho, atual SRTE-Superintendência Regional do Trabalho e Emprego. No [[Ministério do Trabalho e Emprego|MTE (Ministério do Trabalho e Emprego)]]<ref>Link para o Formulário de Requirimento definitivo: http://portal.mte.gov.br/data/files/FF8080812C2C7051012C2C9963541533/requerimento_definitivo_secretariado_executivo.pdf</ref> é possível encontrar todas as informações necessárias sobre qual e a documentação necessária para tal registro.
 
==Formação necessária para ser Secretária==
 
O profissional desta área poderá atualizar-se por meio dos cursos de Pós-graduação, como uma Pós-graduação em Secretariado Executivo
 
 
==Empregabilidade==
81 698

edições