Sicília (província romana): diferenças entre revisões

839 bytes adicionados ,  18h19min de 3 de dezembro de 2012
acréscimo + referência
m (r2.7.3) (Robô: A modificar: eu:Sizilia (erromatar probintzia))
(acréscimo + referência)
A [[província romana]] da '''Sicília''' (em [[latim]] ''Sicilia''), atualmente a [[Regiões da Itália|região italiana]] da [[Sicília]], foi incorporada ao [[Império Romano]] como um território proconsular em [[{{AC|241 a.C.]]|x}}, {{HarvRef|Smith|1870|p=964}} após a [[Primeira Guerra Púnica]] contra [[Cartago]].
 
A organização da Sicília como província foi completada por P. Rupillus com a ajuda de dez legados e sua constituição às vezes é referenciada com o nome de ''Leges Rupiliae''. A ilha foi dividida em dois distritos, com ''Syracusae'' como capital do distrito leste e ''Lilybaeum'' como capital do distrito oeste. A ilha inteira era administrada por um governador. {{HarvRef|Smith|1870|p=964}}
 
Os povos mais antigos da Sicília eram os [[sicanos]], ao centro da ilha, e os [[sículos]], na parte oriental. Estes últimos, provavelmente oriundos do continente, empurraram para oeste os ocupantes originais da ilha e deram o nome à região.
A Sicília foi a base da resistência dos últimos aliados de [[Pompeu]], liderados por seu filho, [[Sexto Pompeu]].
 
Após a queda do [[Império Romano do Ocidente]], a Sicília integrou o [[Império Bizantino]] até a ocupação [[árabes|árabe]] ([[{{DC|827]] d.C.|x}} a [[{{DC|965]] d.C.)|x}}.
 
{{referências}}
 
== Bibliografia ==
 
{{Citar livro|sobrenome=Smith|nome=William|título=The Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology|url =http://www.ancientlibrary.com/smith-dgra|editora=C. Little, J. Brown|local=Boston, (impresso em Londres)|ano=1870|isbn=|notas = Digitalizado por Ann Arbor, Michigan: University of Michigan Library, 2005|acessodata = 01/12/2012|ref=harv}}
 
{{esboço-geoithistória-roma}}
 
{{Províncias romanas 120 a.C.}}
42 835

edições