Diferenças entre edições de "Corte marcial"

309 bytes adicionados ,  19h14min de 5 de dezembro de 2012
Corte marcial
(Discordo da fusão, se quiserem fazê-la solicito a abertura formal na central de fusões.)
(Corte marcial)
'''Corte marcial''', '''tribunal marcial''' ou '''conselho[[Conselho de guerra]]''' é o nome do [[tribunal]] militar que determina punições a membros das [[Forças Armadas]] submetidos às [[lei]]s do [[direito militar]]. Virtualmente todas as forças armadas do [[mundo]] mantém um sistema de corte marcial para o [[julgamento]] de militares que quebrem de algum modo a disciplina, a [[hierarquia]] ou as regras militares. Além disso, pode ser usada para julgar e processar inimigos prisioneiros de guerra por [[crimes de guerra]] ou [[Crime contra a humanidade| contra a humanidade]].
 
A [[Convenção de Genebra]], que trata dos direitos de prisioneiros de guerra e das regras a que os [[país]]es signatários se encontram submetidos nas guerras em si, requer que estes prisioneiros, quando julgados por crimes de guerra, sejam submetidos aos mesmos procedimentos que os [[exército]]s vencedores usem entre seus próprios militares.
 
Além disso, diversas [[marinha]]s do mundo têm o procedimento de instaurar umainquérito numa corte marcial, sempre que uma embarcação[[Embarcação]] é perdida, não significando com isso que o comandante da embarcação seja suspeito de não-cumprimento do dever ou venha a ser automaticamente punido ou preso, mas meramente para que as circunstâncias da perda do [[navio]] fiquem registradas nos autos navais oficiais, pois toda a [[Embarcação]] tem obrigação de manter um Diário de Bordo registrado na sua "Armadoria", ou seja, onde está registrada a sua nacionalidade e/ou [[Bandeira]], além da Bandeira da Companhia do navio e/ou embarcação, segundo o costume internacional, convenção do mar.
 
== {{Ver também}} ==
Utilizador anónimo