Diferenças entre edições de "Ponta lítica"

1 byte removido ,  20h16min de 6 de dezembro de 2012
m
→‎Classificação: Typo fixing, replaced: calda → cauda (2) utilizando AWB (8686)
m (Robô: A adicionar: sv:Stenyxa)
m (→‎Classificação: Typo fixing, replaced: calda → cauda (2) utilizando AWB (8686))
</center>
* '''Pontas de Entalhe lateral''', como as do Solutreano mediterrâneo, as ''Pontas Kostienki'' do [[Paleolítico superior]] centro-europeu ou as ''Pontas de Sandia'' do [[Paleoamericano]]. No Epipaleolítico europeu há uma ponta microlítica de entalhe lateral chamada ''Ponta Hamburguense''.
* '''Pontas foliáceas bifaciais''', como as [[Lâmina de loureiro| lâminas de loureiro]] [[solutreano]]s, as ''Pontas Szeletienses'' do [[Paleolítico Médio]] terminal de [[Europa central]], também no paleolíndio de [[América do Norte]], a ''Ponta de Ágata Basim'', etc.
<center>
<gallery>
</gallery>
</center>
:Um caso especial, são as pontas de projetil da [[Paleoamericano|etapa Paleoamericana]], cuja zona de encabado não pode ser qualificada como um simples pedúnculo, devido a que é formada por uma ou dois entalhes enfrentados, que não formam uma autêntica lingueta, mas parece uma espátula ou uma ''caldacauda de peixe''; de fato é comum denominar algumas delas com esse apelido: '''pontas de caldacauda de peixe''' americanas (''Ponta de Scottsbluff, Ponta do Lago Borax, Ponta de Silver Lake, Ponta de Edén, Ponta de Mesa Verde, Ponta de Caverna Fell''...); a maior parte delas puderam ter sido parte de armas de arremesso com ou sem arco (dependendo das suas dimensões). Embora muito diferente na sua fabricação e tamanho, também a de ''Ponta de El Khiam'', uma ponta de flecha não bifacial, mas microlítica, do Epipaleolítico do Próximo Oriente, tem a zona de encabado formada com dois entalhes contrapostos.
 
Obviando aqueles objetos líticos denominados pontas que pudessem ter sido usados como facas, as pontas de projetil também eram fabricadas de [[chifre]], [[marfim]] ou de [[osso]], em cujo caso são denominadas [[azagaia]]s ou [[arpão|arpões]], embora devido a que estão feitas em materiais perecíveis são menos abundantes nos sítios arqueológicos (isto não implica que o seu uso fosse menos frequente). De qualquer modo, para as [[:Categoria:Armas de arremesso|armas de arremesso]], os [[arqueólogo]]s tentam conhecer o meio de propulsão, distinguindo três modos básicos: '''lançamento direto com o braço''' (que é o que se dá até o Paleolítico superior), lançamento por meio de um '''[[propulsor]]''', um instrumento pré-histórico que servia para impulsionar venábulos e que foi inventado independentemente no [[Velho Mundo]] e na [[América]], onde costuma empregar-se a denominação dos antigos [[mexica]]s, em [[língua náuatle]], ou seja, '''[[Átlatle]]'''. Finalmente, estão as pontas de flecha impulsionadas por um '''[[Arco (arma)|arco]]''', igualmente inventado em numerosos lugares do mundo de modo independente (incluindo na América).
81 934

edições