Diferenças entre edições de "Carl Woese"

458 bytes adicionados ,  14h11min de 2 de janeiro de 2013
sem resumo de edição
|legenda =
|nome_nativo =
|data_nascimento ={{dni|lang=pt|15|7|1928|sem idade}}
|local_nascimento =[[Syracuse]], [[Nova Iorque (Estado)|Nova Iorque]]
|data_morte = {{morte |30|12|2012|15|7|1928}}
|local_morte = [[Urbana (Illinois)|Urbana]], [[Ilinóis]]
|causa_morte =
|pais_de_residencia =
|notas =
}}
'''Carl Woese''' ([[Syracuse]], [[Nova Iorque (Estado)|Nova Iorque]], [[15 de Julho]] de [[1928]] — [[Urbana (Illinois)|Urbana]], [[Ilinóis]], [[30 de Dezembro]] de [[2012]]) é um [[Microbiologia|microbiologista]] [[Estados Unidos|norte-americano]] que se tornou famoso ao definir os [[Archaea]] (um novo domínio) dentro dos [[seres vivos]]) em 1977 pela análise [[filogenia|filogenética]] do [[RNA]] [[ribossoma]]l 16S, uma técnica de que ele também foi pioneiro.
 
[[Ficheiro:Phylogenetic tree pt.svg|thumb|220px|Árvore filogenética da vida.]]
Woese foi nomeado “MacArthur Fellow” em [[1984]], tornou-se membro da [[Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos]] em 1988, recebeu a [[Medalha Leeuwenhoek]] (a maior honra em microbiologia) em 1992 e a [[Medalha Nacional de Ciências]] em 2000. Em 2003 recebeu o [[Prêmio Crafoord]] da [[Academia Real das Ciências da Suécia]].
 
Morreu a 30 de Dezembro de 2012, com 84 anos.<ref>{{Cite web| title = Carl Woese, (R)evolutionary Biologist | Wired Science | Wired.com| work = Wired Science| accessdate = 2013-01-02| url = http://www.wired.com/wiredscience/2013/01/carl-woese-revolutionary-biologist/}}</ref><ref>{{Cite news| issn = 0362-4331| last = Yardley| first = William| title = Carl Woese, Dies; Discovered Life’s ‘Third Domain’| work = The New York Times| accessdate = 2013-01-02| date = 2012-12-31| url = http://www.nytimes.com/2013/01/01/science/carl-woese-dies-discovered-lifes-third-domain.html}}</ref>
 
{{referências}}
 
{{Medalha Leeuwenhoek}}