Diferenças entre edições de "Karim Aïnouz"

58 bytes removidos ,  18h48min de 3 de janeiro de 2013
Etiqueta: Referências removidas
 
==Biografia==
Franco-brasileiro, nasceu em Fortaleza, Ceará. Formou-se em arquitetura pela Universidade de Brasília e fez mestrado em Teoria do Cinema pela Universidade de Nova York, se especializando em teoria cultural pelo programa de estudos independentes do [http://whitney.org/ Whitney Museum of American Art].
 
No período em que morou nos Estados Unidos, Aïnouz trabalhou como assistente de montagem e direção em vários longas, entre os quais, Poison (Haynes, 1990), Swoon (Kalin, 1991) e Postcards from America (McLean, 1993). Ganhou uma bolsa do New York State Council on the Arts e do Jerome Foundation for the Arts, e foi também convidado como artista residente pelo centro de mídias do New York Film Video Arts e pelo Banff Centre for the Arts (Canadá). Em 2004, recebeu a prestigiosa bolsa Berliner Künstler Program do [http://www.daad.de/en/ DAAD – German Academic Exchange Service].<ref>{{citar webSeus |curtas-metragens titulo=DAAD( ) Germanforam Academicconsiderados Exchangeinovadores, Servicesendo |exibidos em mais url=http://www.daad.de/en/ }}</ref>50 festivais no Brasil e no exterior, incluindo os de Roterdã, Oberhausen, Londres, MoMa (Nova Iorque), Vancouver e Atlanta.
Seus curtas-metragens ( ) foram considerados inovadores, sendo exibidos em mais de 50 festivais no Brasil e no exterior, incluindo os de Roterdã, Oberhausen, Londres, MoMa (Nova Iorque), Vancouver e Atlanta.
 
Seu primeiro longa-metragem, Madame Satã, foi selecionado para a mostra Un Certain Regard do [http://www.festival-cannes.fr/pt.html Festival de Cinema de Cannes] em 2002 e recebeu mais de 40 prêmios em festivais nacionais e internacionais além de ter sido distribuído comercialmente em mais de 20 países.
Utilizador anónimo