Sanatório: diferenças entre revisões

1 996 bytes adicionados ,  22h53min de 14 de janeiro de 2013
sem resumo de edição
{{Sem-fontes|data=agosto de 2011| angola=| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
 
(Fontes: http://www.comciencia.br/reportagens/manicom/manicom8.htm
http://www.dicio.com.br/manicomio
http://www.dicio.com.br/manicomio/)
Sanatório:Substantivo masculino
Separação das sílabas de sanatório: sa-na-tó-rio
Plural de sanatório: sanatórios
'''Sanatórios''', muito comuns nos tempos mais antigos, são edifícios para onde os doentes com [[tuberculose]] ou outras doenças eram encaminhados, ficando assim completamente excluídos da sociedade. Regra geral, situavam-se em locais altos e arejados, proporcionando um contacto privilegiado com a natureza.
 
Sanatório - É o lugar onde são internadas as pessoas que precisam de tratamentos para serem "saradas", vem de sanar. è conhecido popularmente como um local para identificar o lugar onde são sanadas as enfermidades mentais, mas, trata-se todos os tipos de doença em geral. De acordo com o dicionário, "Estabelecimento que recebe doentes para tratamento ou convalescença."
È comumente confundido com manicômio (http://www.dicio.com.br/manicomio/) e hospício (http://www.dicio.com.br/manicomio/) .
 
'''História do Sanatório, Manicômios e Hospícios:'''
 
Asile, madhouse, asylum, hospizio, são alguns dos nomes que denominam as instituições cujo fim é abrigar, recolher ou dar algum tipo de assistência aos "loucos". As denominações variam de acordo com os diferentes contextos históricos em que foram criados, surgindo a partir do século XIX e designando os hospitais psiquiátricos, com a função de dar um atendimento médico sistemático e especializado.
 
A prática de retirar os doentes mentais do convívio social para colocá-los em um lugar específico surge em um determinado período histórico. Segundo Michel Foucault, em A história da loucura na idade clássica, ela tem origem na cultura árabe, datando o primeiro hospício conhecido do século VII.
 
Os primeiros hospícios europeus são criados no século XV, quando da ocupação árabe da Espanha. Na Itália eles datam do mesmo período, e surgem em Florença, Pádua e Bérgamo.
 
No século XVII os hospícios proliferam e abrigam juntamente os doentes mentais com marginalizados de outras espécies. O tratamento que essas pessoas recebiam nas instituições costumava ser desumano, sendo considerado pior do que o recebido nas prisões.
Em [[Portugal]] os principais sanatórios localizavam-se na [[Serra da Estrela]] e no [[Caramulo]], ambos abandonados e em degradação. No Brasil, a Marinha criou o Sanatório Naval de Nova Friburgo, cidade que fica na região da Serra Mar.
 
 
 
{{esboço-medicina}}
Utilizador anónimo