Diferenças entre edições de "Miss Universo 1964"

8 bytes removidos ,  01h02min de 21 de janeiro de 2013
m (r2.6.5) (Robô: A adicionar: fr:Miss Univers 1964)
 
==Concurso==
Logo de início, as duas principais favoritas ao título eram duas misses vindas da área do [[Mediterrâneo]], a grega Kiriaki Corinna Tsopei e a [[Miss Israel]] Ronit Rechtman. Todas as previsões eram de que uma das duas levaria a coroa para casa. As outras favoritas eram [[Miss Suécia]], [[Alemanha]], [[Espanha]] e [[Países Baixos|Holanda]], da [[Europa]], junto com as latinas da [[Miss Argentina|Argentina]], [[Miss Colômbia|Colômbia]],[[Miss Venezuela|Venezuela]], Uruguai e a brasileira [[Ângela Vasconcelos]], que, fluente em cinco línguas, atuou como intérprete de várias misses entre elas mesmas e junto à [[imprensa]].<ref name="global" />
 
Um fato marcante da edição ocorreu com a Miss Nigéria, Edna Parks, a segunda negra a competir no Miss Universo. Considerada uma rainha da beleza em seu país e acreditando que tinha ido a Miami para vencer, Parks ficou inconformada em não ser classificada entre as Top 15, teve um ataque de nervos e um colapso histérico nos bastidores, chorou incontrolavelmente por mais de 30 minutos e precisou ser retirada carregada do local para ser levada a um hospital.<ref name="page">{{citar web|url=http://www.pageantopolis.com/international/Universe_1964.htm|titulo=1964|publicado=pageantopolis.com|acessodata=12/07/2011}}</ref> A Miss Escócia, Doreen Swan, fugiu do hotel com seu namorado no dia [[13 de julho]] por considerar o concurso uma 'prisão' e foi substituída por Wendy Barrie, que representaria o país no Miss International, em [[Long Beach]], na [[Califórnia]].<ref name="global" />
Quatro Misses Universo anteriores foram convidadas de honra desta edição: [[Gladys Zender]] (1957), [[Luz Marina Zuluaga]] (1958), [[Akiko Kojima]] e Norma Nolan (1962). Zuluaga foi a única jurada mulher entre os nove componente do júri.
 
A inclusão dade [[Bolívia]], [[Taiwan]] e [[Paraguai]] entre as Top 15 foi uma surpresa geral e no próximo corte, as dez finalistas não tiveram a presença da Miss USA, da elegante Miss Venezuela Mercedes Revenga e da cerebral Miss Brasil, que além de intérprete de todas, era formada em [[Filosofia]] e [[História da Arte]] e tinha vivido na [[Alemanha]]. Das cinco cortadas, quatro eram da [[América do Sul]].<ref name="global" />
 
As cinco finalistas foram Grécia, Israel, Inglaterra, Taiwan e Suécia. Corinna Tsopei foi coroada Miss Universo na noite de 1 de agosto, aos 19 anos, a primeira grega a ser eleita na história do concurso. No livro ''The World of Miss Universe'', a autora Anamaria Cumba menciona que ela teve um [[pulmão]] removido anteriormente, o que nunca a impediu, com cuidados especiais, de realizar suas atividades durante o reinado. Poucos meses antes do concurso, Corinna foi abordada por uma [[cartomante]] em [[Atenas]] que leu a palma de sua mão e previu: "Você será escolhida como a mais bela mulher do mundo". O fato foi tornado público depois de sua vitória no Miss Universo - e confirmado por Corinna - por um jornalista americano do [[Kansas]] que estava presente em Atenas na ocasião.<ref name="global" />
18 679

edições