Mastigação: diferenças entre revisões

2 bytes adicionados ,  23 de janeiro de 2013
m
sem resumo de edição
(bot: revertidas edições de 187.111.231.240 ( modificação suspeita : -73), para a edição 30965803 de ThrasherÜbermensch)
m
==Controle==
===Introdução===
O estudo dos movimentos mastigatórios mostram que eles são cíclicos, coordenados e que mostram grande variabilidade , que depende, entre outras coisas, de condições intraorais. Tais movimentos não são algo puramente mecânico que somente requer ser iniciado e detido no momento preciso, sendo que se encontram submetidos a um delicado sistema de controle som seus correspondentes sistemas de retroalimentação que possibilitam sua efeiciênciaeficiência. Portanto, no [[Sistema Nervoso Central]] existe um mecanismo de controle da mastigação, que integra a informação proveniente de áreas diversas que ativa os músculos apropriados, no momento preciso, com o objetivo de produzir um grau adequado de contração e relaxamento.
 
Não existe dúvidas de que a mastigação é coordenada por [[neurônio]]s localizados no [[complexo sensomotor trigeminal]], localizado no [[tronco encefálico]]. A maior parte da informação sensorial provém da região orofacial, transcorre por aferentes trigeminais, enquanto que os principais músculos mastigatórios são controlados pelo núcleo motor trigeminal. Outros núcleos motores e outros nervos sensoriais estão também envolvidos. O núcleo hipoglosso controla a musculatura lingual, o núcleo motor do facial controla os músculos da face e lábios. A informação sensorial nascida na cavidade oral transcorre também nos pares craniais [[nervo facial|VII]], [[nervo glossofaríngeo|IX]] e [[nervo vago|X]].
===Controle nervoso===
===Reflexo===
A mastigação inicia-se como um processo aparente voluntário determinado pelo córtex cerebral, quando leva o alimento à boca ou bromatossulipse e, logo após pela presença do alimento na boca leva-o incoscientementeinconscientemente, a fecha-la. O fechamento bucal é determinado pela função de elasticidade bucal, ou seja, a transdução da característica volume (ΔV) a pressão (ΔP), ou seja, o alimento introdutório na cavidade oral significa apenas um volume (ΔV), mas pelo fechamento ulterior da boca o volume, passa a ser transformado em pressão.
Ocorre a estimulação de mecanorreceptores periontais, da ATM e muscosos. Esses são despolarizados no fechamento bucal e, através de vias aferentes, despolarizam núcleos mesencefálicos trigeminal - núcleo supra-trigeminal e o núcleo motor do Trigêmeo, esteporeste por sua vez, também através de vias eferentes, inibe a despolarização dos múculosmúsculos elevadores da mandíbula e despolariza os músculos depressores dela.
 
====Reflexo de fechamento bucal====
60 593

edições