Diferenças entre edições de "Larmanjat"

48 bytes adicionados ,  19h04min de 29 de janeiro de 2013
m
desambig.
m
m (desambig.)
{{BS2||exHST||Rio de Mouro|}}
{{BS2||exHST||[[Cacém]]|}}
{{BS2||exHST||[[Queluz (cidade)|Queluz]]|}}
{{BS2||exHST||Ponte de Carenque|}}
{{BS2||exHST||Porcalhota (actual [[Amadora]])|}}
{{BS2||exHST||[[Loures]]|}}
{{BS2||exHST||Pinheiro de Loures|}}
{{BS2||exHST||[[Lousa (Loures)|Lousa]]|}}
{{BS2||exHST||[[Venda do Pinheiro]]|}}
{{BS2||exHST||[[Malveira]]|}}
* [[Lisboa]] - [[Lumiar]] - [[Torres Vedras]] - [[Caldas da Rainha]] - [[Alcobaça (Portugal)|Alcobaça]] - [[Leiria]]
 
Em [[1870]], no dia [[31 de Janeiro]], realizaram-se entre [[Caminho de Ferro Larmanjat do Lumiar|Lisboa e Lumiar]] as primeiras experiências oficiais, as quais não correram muito bem. O dia estava chuvoso quando o comboio partiu de um velho palácio em Santa Bárbara, [[Arroios (Lisboa)|Arroios]], adaptado a estação. A comandar a locomotiva ia o próprio Larmanjat, inventor do sistema. As duas carruagens iam cheias de convidados perante os olhos do Duque de Saldanha. Mas na subida de Arroios a locomotiva estancou porque não tinha força suficiente para alcançar o objectivo. Só uma hora depois puderam seguir viagem quando o problema foi resolvido.
 
No dia [[5 de Fevereiro]] do mesmo ano o rei [[Luís I de Portugal|D. Luís I]] fez o trajecto Lisboa - Lumiar, e no dia seguinte a direcção do caminho de ferro punha , gratuitamente, à disposição do público, um comboio que efectuou três viagens de ida e volta entre o [[Arco do Cego CCFL|Arco do Cego]] e o [[Lumiar]].
14 913

edições