Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho ,  16h40min de 1 de fevereiro de 2013
m
sem resumo de edição
Anteriormente conhecido como Correnteza Torta, o local passou a ser chamado de Capela de Nossa Senhora da Ponte do Rio Tietê, devido à construção de uma capela em homenagem a Nossa Senhora.
 
AntonioAntônio Rodrigues Ponce fez uma doação de 8 alqueires à Igreja Católica, como patrimônio da padroeira, cuja escritura foi provida 28 anos depois em Tabelionato da cidade de [[Botucatu]], pertencente, na época, à Comarca de [[Itapetininga]]
 
A padroeira de Anhembi é Nossa Senhora dos Remédios.
O desenvolvimento do povoado foi marcado por esse comércio interestadual feito pelos tropeiros, e inaugurou o processo político-administrativo local. Inicialmente, passou a freguesia em [[20 de fevereiro]] de [[1866]], do município de Botucatu, e mais tarde, em [[8 de julho]] de [[1867]], foi transferida para o município de Constituição, atual [[Piracicaba]].
 
A freguesia voltou a ser incorporada ao município de Botucatu em 9 de julho de 1869, e em 15 de abril de 1891 foi transformada em vila. Em 12 de junho de 1934, a sede do município foi transferida para PirambóiaPiramboia e a cidade retornou à condição de distrito, o que perdurou até [[24 de dezembro]] de [[1948]], quando o município adquiriu definitivamente sua autonomia.
 
Os indígenas davam ao rio Tietê a denominação de ''"Anyemby"'' que, em português, significa rio dos Anhambus (ave abundante na região em épocas passadas). Este foi o motivo do nome da cidade.
396

edições