Diferenças entre edições de "32 bits"

1 737 bytes removidos ,  16h02min de 10 de fevereiro de 2013
m
Revertidas edições por 187.54.245.246 para a última versão por 177.16.236.143, de 20h25min de 31 de outubro de 2012 (UTC)
m (Revertidas edições por 187.54.245.246 para a última versão por 177.16.236.143, de 20h25min de 31 de outubro de 2012 (UTC))
[[ta:32 இருமம்]]
[[zh:32位元]]
Partindo do básico: A palavra "BIT" é derivada da expressão "Binary digIT" ou dígito binário. Portanto, o bit é a menor quantidade de informação a ser processada. Em Eletrônica, um bit é representado e processado como uma quantidade física, a saber, a tensão elétrica medida em Volts, de modo que, por exemplo, um bit igual a "1" seja representado por uma tensão de 5V e um bit "0" é representado por 0V. Logo, para processar 32 bits são necessários 32 fios condutores elétricos.
 
Um único bit pode assumir duas possibilidades: 1 ou 0, o que é lógico, pois 2^1 (2 elevado a 1) é igual a 2 (possibilidades de com binação). Pelo mesmo raciocínio, 2^32 = 1024 x 32 = 32768 ou 32 K possibilidades (em informática, 1K bit = 1024) e, de igual modo, 2^64 = 65536 = 64K.
 
Qual a diferença ou a vantagem? Suponha que um sinal de som, convertido em sinal elétrico por meio de um microfone, tenha um nível; ou amplitude de sinal; máximo de 10V. Se o nosso processador fosse de apenas 4 bits, teríamos 2^4 = 16 combinações. Como o nível máximo é de 10V, temos 10V/2^4 = 10V/16 = 0,625V.
 
Isso significa que um sinal sonoro novo somente seria identificado se ele subisse ou abaixasse 0,625V. Por outro lado, com 32K teríamos 10V/32768 = 305 microvolts (1 microvolt é 1Volt / 1000000 = 0,000001V). Já com 64K teríamos 10V/ 65536 = 152,6miocrovolts.
 
Logo, para sentirmos uma variação sonora ou na intensidade/tonalidade de determinada cor numa tela de vídeo, seriam precisos apenas 153 microvolts, o que determinaria uma resolução ou qualidade do som/ imagem quase que reais.
 
Ou seja, quanto mais mais bits mais rápido ou co melhor resolução uma dada informação é processada.
By: Julio Javier Bogo
127 760

edições