Diferenças entre edições de "Cerco de Berati (1280–1281)"

Sem alteração do tamanho ,  19h20min de 16 de fevereiro de 2013
sem resumo de edição
m (Padronizando com o nome!)
}}
 
O '''Cerco de Berat''' na [[Albânia]] pelas [[Casa Capetianacapetiana de Anjou|forças angevinas]] do [[Reino da Sicília]] contra a guarnição [[Império Bizantino|bizantina]] da cidade ocorreu em 1280-1281. Berat foi uma fortaleza estrategicamente importante, cuja possessão permitiria aos angevinos acesso aos redutos do Império Bizantino. Uma força de socorro bizantina chegou na primavera de 1281 e conseguiu uma emboscada e captura do comandante angevino, [[Hugo, o Vermelho]]. Então, o exército angevino entrou em pânico e fugiu, sofrendo pesadas perdas em mortos e feridos devido a um ataque bizantino. Esta derrota terminou a ameaça de uma invasão por terra do Império Bizantino, e junto com as [[Vésperas sicilianas]] marcou o fim da ameaça ocidental para reconquistar o império.
 
== Antecedentes ==