Robert Green Ingersoll: diferenças entre revisões

Sem alteração do tamanho ,  19 de fevereiro de 2013
sem resumo de edição
{{Portal-filosofia}}
[[FicheiroImagem:RobertGIngersoll.jpg|thumb|right|160px|Robert G. Ingersoll]]
'''Robert G. Ingersoll''' ([[Condado de Yates]], [[11 de agosto]] de [[1833]] — [[Dobbs Ferry]], [[21 de julho]] de [[1899]]) foi um [[livre pensador]] [[Estados Unidos da América|norte-americano]] do [[século XIX]], um orador e líder político norte-americano, notável por sua cultura e defesa do agnosticismo.
 
Crítico da [[cristianismo|religião cristã]], tornou-se [[Agnosticismo|agnóstico]].
Ingersoll faleceu de insuficiência cardíaca em 21 de Julho de 1899, na espaçosa casa de seu genro em Dobbs Ferry-on-Hudson, Nova York. Tinha 65 anos de idade. A casa onde morreu permanece de pé, mas foi convertida em condomínio. Não está aberta ao público, e não possui nenhuma placa comemorativa. Ingersoll foi sepultado com honras militares no Cemitério Nacional de [[Arlington]], [[Virginia]], onde sua grande [[lápide]] ainda pode ser vista. Pouco tempo depois de sua morte, seus trabalhos completos foram reunidos e publicados pelo seu cunhado Clinton P. Farrell. A rica edição de 12 volumes ficou conhecida como a Edição de Dresden, em homenagem à sua cidade de nascimento. A Edição Dresden foi reimpressa diversas vezes. As últimas edições contêm a biografia de Ingersoll feita por Herman Kittredge, formando um terceiro volume.
 
==VejaVer também==
{{Wikiquote|Robert Green Ingersoll}}
* 'Porque sou agnóstico', obra na qual Robert relata sua posição em relação às crenças.
 
{{esboço-biografia}}
 
[[Categoria{{DEFAULTSORT:Filósofos dos Estados Unidos|Ingersoll, Robert Green]]}}
[[Categoria:Filósofos dos Estados Unidos]]
 
[[da:Robert G. Ingersoll]]
218 630

edições