Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido, 03h30min de 3 de março de 2013
Mas, censurar São Pedro não quer dizer negar a sua autoridade como Papa. Aliás, a infalibilidade papal só é válida quando o Papa fala ''ex cathedra'' em situações solenes especiais, onde estão em questão a clarificação definitiva de certas verdades relativas à fé e à moral.
 
Outro exemplo memorável em que um Papa não teve sua autoridade negada, embora tenha sido repreendido pelas palavras de outro cristão, é o caso da relação entre Santa Catarina de Sena e o Papa Gregório XI.Santa Catarina de Sena era contra o Papa e a cúpula da Igreja permanecer em Avignon (episódio conhecido como o [[Papado de Avignon]]) e foi fundamental para o regresso deles a Roma.<ref name="apo">{{citar web |url=http://www.historia.ufpr.br/monografias/2006/2_sem_2006/elessandra_souza_bitencourt.pdf |título=O Papel Político de Santa Catarina de Sena no século XIV |acessodata= 03 de março de 2013 |autor=Bitencourt, Elessandra Souza}}</ref><ref>{{citar web |url=http://www.votfbpt.org/Catherine_of_Siena_Award_talk.pdf |título=The Saint Catherine of Siena Award, página 1 |acessodata= 03 de março de 2013 |autor=O'Callaghan, Joseph F}}</ref>Esta santa, no entanto, nunca questionou a autoridade do Papa, pelo contrário , inclusive chamou-o de "o doce Cristo na Terra".<ref>Carta de Santa Catarina de Sena ao Papa Gregório XI[ http://www.ewtn.com/library/mary/catsiena.htm]</ref>
 
{{Referências|Referências e notas}}
Utilizador anónimo