Diferenças entre edições de "Berizal"

1 516 bytes adicionados ,  13h56min de 20 de março de 2013
sem resumo de edição
m (A migrar 15 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:q1779991)
}}
 
'''Berizal''' é um [[município]] [[brasil]]eiro do [[estados do Brasil|estado]] de [[Minas Gerais]]. Sua população estimada em [[20042010]] era de 4.259370 habitantes.
 
==História==
 
A cidade de Berizal foi fundada por negros escravos foragidos e libertos da escravidão. Eles construiram as primeiras casas de enchimento, cobertas de palhas, sem nenhum conforto.
 
No meio da povoação os escravos construiram uma igreja de adobe para o santo padroeiro São Sebastião. As terras no local da povoação foram doadas ao santo padroeiro por Clementina, uma negra que herdara terras do pai, mas a doação não foi documentada e até hoje esta situação não foi regularizada, por isso em Berizal quase ninguém tem escritura de imoveis.
 
A povoação chamava-se "Curral de Varas", mais tarde o nome foi mudado para "Berizal". O nome Berizal foi criado pelo padre Jaime Ferreira, pároco da cidade de pedra Azul que naquela época atendia a comunidade religiosa de Berizal. "Beri" vem de brejos e "zal" de arrozal. A origem está no brejos que naquele tempo existia próximo a povoação e que produzia muito arroz.
 
A renda era baseda na mandioca produzida nas chapadas e o arroz nos brejos. Outras fontes de renda eram a produção de feijão, frutas, verduras e criação de animais.
 
Berizal faz parte da microrregião do Alto Rio Pardo e é banhada pelo Rio Pardo. Politicamente Berizal pertencia a Salinas, mas em 1953 Taiobeiras emancipou-se de Salinas e Berizal ficou pertencendo a Taiobeiras em troca do povoado de Matrona. Em 16 de junho de 1968, pela Lei n.º 223, Berizal foi elevado a categoria de distrito. Em 21 de dezembro de 1995 Berizal emancipou-se de Taiobeiras.
 
{{ref-section}}
Utilizador anónimo