Diferenças entre edições de "Georges de La Tour"

33 bytes removidos ,  19h17min de 11 de abril de 2013
bot: revertidas edições de 187.34.241.178 ( modificação suspeita : -112), para a edição 34601122 de KLBot2
Etiqueta: Possível conteúdo ofensivo
(bot: revertidas edições de 187.34.241.178 ( modificação suspeita : -112), para a edição 34601122 de KLBot2)
Em 1926 o colecionador Pierre Landry comprou o quadro ''Le Tricheur'' (o trapaceiro do jogo de baralho). Após uma limpeza da tela, foi revelada a assinatura de Georges de La Tour. Charles Sterling, nascido na [[Polônia]], foi o terceiro historiador que se ateve e que trouxe à tona obras de Georges de La Tour na França: Em [[1934]] foi montada uma grande exibição no [[Orangerie Museum]] de Paris onde foram expostas treze obras de Georges de La Tour, juntamente com quadros de Philippe de Champaigne ou os irmãos Le Nain
 
Charles Sterling trabalhou no museu do [[Louvre]] em Paris e no Met (The Metropolitan Museum of Art) de Nova Yorque. Charles Sterling também lecionou nos Estados Unidos, primeiramente na universidade de [[Columbia University|Columbia]] e mais tarde no New York University Institute of Fine Arts (Instituto de BelasELE É UM PAU NO CU(de mim mesma)Belas Artes da Universidade de Nova Yorque).
 
== Galeria de obras ==