Diferenças entre edições de "Prêmio da Música Brasileira"

497 bytes adicionados ,  18h21min de 18 de abril de 2013
sem resumo de edição
{{Sem-fontes|música=sim|Brasil=sim|data=maio de 2010| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
{{Wikificação|música=sim|Brasil=sim|data=maio de 2010}}
{{Info/Prémios
| nome = Prêmio da Música Brasileira
| prémios_actuais =
| imagem =
| tamanhoimg =
| legenda =
| descrição =
| apresentado = Vários
| país = {{BRA}}
| local = [[Teatro Municipal do Rio de Janeiro|Theatro Municipal]], [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]]
| ano = [[1987]]
| ano2 = [[2012]]
| titular =
| website = http://www.sbt.com.br/trofeuimprensa/2011/
}}
Dentre as diversas premiações da [[música popular brasileira]], o '''Prêmio da Música Brasileira''' é o de maior longevidade. Idealizado em [[1987]] por José Maurício Machline, a premiação inicialmente patrocinada pela Sharp (daí ser conhecido inicialmente como [[Prêmio Sharp|Prêmio Sharp de Música Brasileira]]) teve desde sempre como diferencial o seu corpo de jurados composto por nomes importantes do cenário musical e artístico brasileiro. Após 12 edições, em [[2002]], o prêmio ressurgiu como Prêmio Caras, patrocinado pela [[Revista Caras|revista de mesmo nome]]. De [[2003]] a [[2008]] o prêmio teve patrocínio da TIM, ficando conhecido como [[Prêmio TIM de Música]]. Em [[2009]] o prêmio teve produção independente e contou com o apoio de toda a classe artistica brasileira.