Diferenças entre edições de "Daniel de La Touche"

365 bytes adicionados ,  06h09min de 25 de abril de 2013
sem resumo de edição
 
== Carta Patente ==
Pode-se observar um trecho de documento oficial da corte francesa delegando a La Touche poderes de colonização ao sul da Guiana: ''"de La Ravardière de La Touche, seu lugar-tenente-geral na terra da América, desde o rio das Amazonas até a ilha da Trindade, que teria feito duas viagens diversas às Índias para descobrir portos e rios próprios para abordar e estabelecer colônias, o que teria tão felizmente sucedido que, tendo chegado naquelas bandas, tinha facilmente disposto os habitantes das ilhas do Maranhão e da terra firme adjacente vista por ele tupinambás, tabajaras e outros a buscar nossa proteção"''.
 
== Marcas deixadas no Maranhão ==
O sonho de uma colônia francesa no Brasil, deixou algumas marcas na sociedade maranhense, em São Luís existem logradouros e estabelecimentos comerciais com o nome dos conquistadores, bustos, um Colégio Batista com o nome de La Touche e, ainda uma marca de café, bastante conhecida. Existe(Café atualmente,La umaTouche) pretensãoe dena fortalecercidade osexiste laçosAvenida entreDaniel ade regiãola e a França, incentivando inclusive o intercâmbio culturalTouche.
 
Existe atualmente, uma pretensão de fortalecer os laços entre a região e a França, incentivando inclusive o intercâmbio cultural.
 
== 400 anos depois ==
Em 8 de setembro de 2012, foi inaugurado em Cancale, na França, o busto de Daniel de la Touche, em comemoração aos 400 anos de São Luís.
[[Ficheiro:8 sept 2012.JPG|vignette|center|350px|Inauguration du monument à la mémoire de daniel de la Touche de la Ravardiere à Cancale]]
 
{{referências}}
Utilizador anónimo