Diferenças entre edições de "Cuenca (Azuay)"

260 bytes removidos ,  17h10min de 25 de abril de 2013
bot: revertidas edições de 200.55.234.149 ( modificação suspeita : -27), para a edição 34892168 de Addbot
(bot: revertidas edições de 200.55.234.149 ( modificação suspeita : -27), para a edição 34892168 de Addbot)
{{geocoordenadas|2_53_57_S_79_0_55_W_type:city(275000)_region:EC-A|2° 53′ 57" S, 79° 0′ 55" W}}
'''Cuenca''' é a terceira maior cidade do [[Equador]], capital da província de [[Azuay]]. É situada na serra, os "highlands" do Equador, 2535m2550 m. acima do nível do mar. O seu nome completo é '''Santa Ana de los Cuatro Ríos de Cuenca'''.
 
[[Ficheiro:Cuenca_(Ecuador)_from_Turi.jpg|thumb|right|350px| Vista diurna de Cuenca]]
[[Ficheiro:Escudo de Cuenca (Ecuador).png|thumb|right|150px|Brasão do armas de Cuenca]]
 
A sua fundação é datada de [[1557]], pelo historiador espanhol Diego Hurtado de Mendoza, e a sua independência foi declarada em [[1820]]. Entretanto, a história do local remonta à vila nativa de Cañari de Guapondeleg ("terra tão grande quanto o céu", [[500 d.C.]]), conquistada mais tarde pelo inca Tomebamba.
 
Fundada no ano de [[1557]], por ordem do Vice Rei do Peru, don Andrés Hurtado de Mendoza, as características peculiares do solo e as circunstâncias posteriores de miscigenação criou uma idiossincrasia em seus habitantes, que foram construindo a Cuenca de hoje ao longo dos anos e dos séculos. A cidade é o centro cultural e econômico de uma importante área do Equador. A cidade de Cuenca era antes a cidade Inca de Tomebamba, considerada a terra natal do inca Huayna-Cápac. E essa cidade foi construída sobre a onde acredita-se que foi a cidada Cañari de Guapondelig.
 
O seu centro histórico foi declarado recentemente [[Património da Humanidade]] pela [[UNESCO]]. Está na rota da estrada Bandeja-Americana.