Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido ,  23h57min de 26 de abril de 2013
sem resumo de edição
'''Caio Sólio Apolinário Sidônio''' (em [[latim]] ''Gaius Sollius Sidonius Apollinaris''; [[LugdunumLugduno]], c. [[430]] - [[Clermont-Ferrand]] c. [[486]]), [[poeta]], alto funcionário do [[Império Romano]], [[bispo]] e [[santo]] da [[Igreja Católica]], foi "o autor individual sobrevivente mais importante da [[Gália]] do quinto século" <ref>{{citar web|url = http://www.freerepublic.com/focus/news/833941/posts |título = The Fall of the Roman Empire Revisited: Sidonius Apollinaris and His Crisis of Identity' |acessodata = 15/3/2008|autor = Goldberg, Eric J. |língua = inglês }}</ref>. A amplitude de seus conhecimentos o tornaram centro da vida pública de sua época.
 
Era de descendência nobre, com pai e avô cristãos e prefeitos do pretório da [[Gália]]. Casou-se por volta de [[452]] com Papianilla, filha de [[Avito]], que era então [[cônsul]] e depois foi proclamado [[lista de imperadores romanos|imperador romano]] do Ocidente em [[455]], que ergueu no [[Fórum de Trajano]] uma estátua de seu genro e deu-lhe o título de [[conde]].