Abrir menu principal

Alterações

18 bytes adicionados ,  09h59min de 11 de maio de 2013
O Despotado do Épiro foi fundado em [[1205]] por [[Miguel Comneno Ducas]], um primo dos imperadores bizantinos [[Isaac II Ângelo]] e [[Aleixo III|Aleixo III Ângelo]]. No início Miguel aliou-se com [[Bonifácio de Montferrat]], mas tendo perdido a [[Moreia (região)|Moreia]], no [[Peloponeso]], para os [[Francos]], estabeleceu-se na região de [[Épiro]], onde se autonomeou governador bizantino da antiga [[Thema de Nicópolis|província de Nicópolis]], revoltando-se contra Bonifácio.
 
Épiro rapidamente se tornou o refúgio de gregos vindos de [[Constantinopla]], [[Tessália]] e do [[Peloponeso]]. [[João X Camatero]], o [[patriarca de Constantinopla]] não o considerou um legitimo sucessor, por isso juntar-se-ia a [[Teodoro I Láscaris]] em [[Império de Niceia|Niceia]]. Miguel aceitou, por isso, a autoridade do [[papa Inocêncio III]] sobre Épiro, cortando os laços com a [[Igreja Ortodoxa]]. O Despotado de Épiro travou diversos confrontos com o [[Império de Niceia]] e o ''[[tsar da Bulgária|tsar]]'' da [[Segundo Império Búlgaro|Bulgária]].
 
== Governantes de Épiro ==