Diferenças entre edições de "Reformismo"

24 bytes adicionados ,  18h50min de 18 de maio de 2013
Na segunda metade do {{séc|XX|x}}, muitas críticas foram feitas à ideologia defendida pelos teóricos [[Teoria populacional neomalthusiana|neo-malthusianos]]. Com bases nessas críticas, teóricos de [[países subdesenvolvidos]] elaboraram a ''[[teoria reformista]]'' que afirma que os [[problema social|problemas sociais]] não são o resultado do [[crescimento populacional]], mas sim da falta de acesso da grande parte da população às riquezas produzidas.
 
== Teoria populacional reformista ==
Essa teoria, ao contrário da neomalthusiana, afirma que a superpopulação é consequência e não causa do subdesenvolvimento.<ref name="Brasil Escola"/>
 
Utilizador anónimo