Diferenças entre edições de "Papa Sérgio II"

21 bytes adicionados ,  18h33min de 19 de maio de 2013
sem resumo de edição
m (A migrar 43 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:q228644)
Numa reunião preliminar para designar o sucessor de Gregório, o nome de Sérgio foi aceite por maioria, mas o povo tentou à força colocar o diácono João no trono pontificio. João foi enviado para um mosteiro e Sérgio devidamente consagrado. Uma edição do [[Liber Pontificalis]] refere que Sérgio era muito devoto dos prazeres da mesa e não tinha nenum interesse nos negócios e gestão, encarregando o seu irmão Bento desses assuntos. Sofria de ataques de [[Gota (doença)|gota]] que o imobilizavam e tornavam irritável. O seu irmão terá aproveitado esta circunstância para lhe usurpar o poder e enriquecer. Como isto contrasta com a descrição do caráter de Sérgio noutras edições do Liber Pontificalis, talvez sejam exageros.<ref>[http://en.wikisource.org/w/index.php?title=Catholic_Encyclopedia_(1913)/Pope_Sergius_II&oldid=2133818|Catholic Encyclopedia (1913)/Pope Sergius II]</ref>
 
Foi eleito em janeiro de 844, sem a intervenção dos imperadores [[Dinastia carolíngia|carolíngios]], e logo sería confirmado por [[Lotário I]] após prestar juramento de fidelidade.
Sob o seu pontificado, os [[muçulmanos]] desembarcaram em [[Óstia]] (846) e assediaram Roma, saqueando certos locais e várias igrejas, entre as quais a [[Basílica de São Pedro]]. Os [[sarracenos]] foram derrotados definitivamente em [[Gaeta]]. Recompôs as escadas do "Pretorium" (Escadaria Santa). Morreu em [[27 de Janeiro]] de [[847]].