Diferenças entre edições de "Igrejas ortodoxas orientais"

Sem alteração do tamanho ,  17h50min de 20 de maio de 2013
m (A migrar 45 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:q49377)
As Igrejas [[Católica]] e [[Ortodoxa]] acusam as Igrejas não-calcedonianas de serem monofisitas, devido ao facto de elas não aceitarem a doutrina das ''"[[União Hipostática|duas naturezas de Cristo]]"'' (ou ''[[união hipostática]]''), decretada pelo [[Concílio de Calcedônia]] ([[451]]). Mas, estas mesmas [[Igrejas orientais]] recusam de serem classificadas como monofisitas e, em contrapartida, se descrevem como sendo [[Miafisismo|miafisitas]]. Isto porque as Igrejas não-calcedonianas também acham que o [[monofisismo]] é [[Heresia|herética]].
 
Para equilibrar as doutrinas antitéticas do monofisismo e da união hipostática (ambas também não aceites pelos ortodoxos orientais), estas Igrejas defendem que em [[Jesus]] há a parte humana e a parte divina, mas que estas duas partes se unem para formar uma única e unificada [[Cristologia|Natureza de Cristo]]. Eles acreditam que uma união completa e natural das Naturezas Divina e Humana em uma só Natureza é autoevidente, de maneira a alcançar a [[salvação]] divina da humanidade, em oposição à crença na união hipostática (onde as Naturezas Humana e Divina não estão misturadas, porém também não estão separadas), promovida pelas atuais Igrejas [[Igreja Católica|Católica]], [[ProtestantesProtestante]] e [[Igreja Ortodoxa|Ortodoxa]].
 
Esta doutrina especial defendida pelos não-calcedonianos chama-se [[miafisismo]].
Utilizador anónimo