Abrir menu principal

Alterações

233 bytes adicionados ,  20h20min de 21 de maio de 2013
m
Adicionadas duas referencias, faltam muitas outras.
{{minidesambig|pela forma de castigo físico|Corredor polonês (punição)}}
{{Semmais-fontes|data=dezembromaio de 20092013}}
[[Ficheiro:Rzeczpospolita 1920.png|thumbnail|right|400px|Mapa da Polónia em 1920]]
'''Corredor polonês''' ou '''Corredor polaco''' é a denominação dada a uma estreita faixa de terra na qual se encontra a maior parte do curso inferior do [[rio Vístula]], na [[Polônia]].
 
Sua extensão é de 150&nbsp;km, e a largura variável entre 30 a 80&nbsp;km, aproximadamente, tendo sua posse sido transferida do [[Império Alemão]] para a recém-recriada Polônia no ano de [[1919]], em virtude da imposição do [[Tratado de Versalhes]]. Pelos termos do tratado, a cidade alemã de [[Dantzig]] (hoje [[Gdańsk]]) teria um governo autônomo, apesar de sua localização geográfica no meio do Corredor Polonês.<ref>''A History of Western Civilization'', autor Roland N. Stromberg, pagina 382, Dorsey Press, (1969).</ref><ref>''The Scandinavians in History'', autor Stanley Mease Toyne, pagina 174, Ayer Publishing, (1970)</ref>
 
De 1919 até [[1939]], a disputa por essa região provocou inúmeros e continuados atritos entre os dois países, mas durante esse período a [[Segunda República Polaca]] construiu várias linhas ferroviárias no referido "corredor".
== Expressão popular ==
''Corredor polonês'' é o nome popular dado a uma passagem estreita formada por duas fileiras de pessoas alinhadas lado a lado, todas voltadas para o centro. O objetivo é maltratar, seja com pancadas ou com o uso de porretes ou arma branca, quem é forçado cruzar a passagem, como forma de represália a alguém que se posiciona contrário a certo ideal ou pessoa.
 
{{referências}}
 
 
{{Portal3|Polónia}}