Diferenças entre edições de "Alta Renascença"

1 byte adicionado ,  19h23min de 28 de maio de 2013
A Alta Renascença é vista por muitos, como a maior explosão do gênio criativo da história. Mesmo os pintores que tiveram relativamente, menor atividade durante o período, como Fra Bartolomeo e Albertinelli Mariotto, eles produziram obras notáveis pela sua perfeita harmonia e controle dos meios de pintura. As proporções alongadas e poses exageradas nas últimas obras de Michelangelo, [[Andrea del Sarto]] e [[Antonio da Correggio]] prefiguram o [[Maneirismo]] nascente, como o [[Renascimento]] é conhecido na história da arte. A morte de Rafael em [[1520]] e o saque de Roma em 1527 significaram o fim da Alta Renascença.<ref>[[Arnold Hauser]] ''Historia social de la literatura y el arte'' (1951); ''El manierismo'' (1965)</ref>
 
== EsilosEstilos ==
[[Ficheiro:MonaLisa sfumato.jpeg|200px|thumb|direita|Mona Lisa.]]
 
Utilizador anónimo