Diferenças entre edições de "Associação Latino-Americana de Integração"

m
Revertidas edições por Wikiaporte por remover conteúdo sem justificar a razão (usando Huggle)
m (Revertidas edições por Wikiaporte por remover conteúdo sem justificar a razão (usando Huggle))
[[Ficheiro:ALADI.jpg|thumb|right|Bandeira]]
[[Ficheiro:Mapa_ALADI.png|thumb|right|Países-Membros da ALADI]]
A '''Associação Latino- Americana de Integração''', (ou '''ALADI)''', é um organismo internacionalintergovernamental decom âmbito regional.sede Foina criado em 12cidade de agosto[[Montevidéu]], deno 1980[[Uruguai]], peloque Tratadovisa dea Montevidéucontribuir decom 1980,a empromoção da substituiçãointegração da Associaçãoregião Latino[[América Latina|latino-Americanaamericana]], deprocurando Livregarantir Comércioseu (ALALC).desenvolvimento Atualmenteeconômico contae comsocial. 13Este estados-membros,é podendotambém qualquero Estadomaior bloco econômico da América Latina solicitar a sua adesão.
 
Os objetivos do processo de integração da região latino-americano são os seguintes:
== Objetivos ==
* eliminação gradativa dos obstáculos ao comércio recíproco dos países-membros;
O processo de integração desenvolvido no âmbito da ALADI está encaminhado a propiciar o desenvolvimento econômico-social, harmônico e equilibrado da região, tendo como objetivo no longo prazo o estabelecimento de forma progressiva de um [[mercado comum]] latino-americano.
* impulsão de vínculos de solidariedade e cooperação entre os povos latino-americanos;
* promoção do desenvolvimento econômico e social da região de forma harmônica e equilibrada, a fim de assegurar um melhor nível de vida para seus povos;
* renovação do processo de integração latino-americano e estabelecimento de mecanismos aplicáveis à realidade regional;
A ALADI visa à* criação de uma área de preferências econômicas, natendo região com ocomo objetivo final deo formaçãoestabelecimento de um [[mercado comum]] latino-americano por meio de três mecanismos:.
 
Tendo em vista o cumprimento dos objetivos do processo de integração, a Associação deve cumprir com algumas funções, quais sejam:
== Funções básicas ==
* Promoçãoa promoção e regulamentaçãoregulação do comércio recíproco;
* Complementaçãoa complementação econômica;
* Desenvolvimentoo dedesenvolvimento das ações de cooperação econômica que contribuam paracoadjuvem a ampliação dos mercados.
 
É o que consta no art. 5º do [[Tratado de Montevidéu]] de [[1980]], que criou a ALADI.
== Princípios gerais ==
Hoje, a ALADI é o maior grupo latino-americano. São treze os seus países-membros: [[Argentina]], [[Bolívia]], [[Brasil]], [[Chile]], [[Colômbia]], [[Cuba]], [[Equador]], [[México]], [[Panamá]], [[Paraguai]], [[Peru]], [[Uruguai]], [[Venezuela]], que representam juntos mais de 30 milhões de quilômetros quadrados, e mais de 500 milhões de habitantes. Além dos países-membros existem ainda os países e organismos observadores da Associação.<ref>{{citar web|url=http://www.aladi.org/nsfaladi/perfil.nsf/inicio2004p?OpenFrameSet&Frame=basefrm&Src=%2Fnsfaladi%2Fperfil.nsf%2Fvsitioweb2004p%2Forganos1p%3FOpenDocument%26AutoFramed|titulo=Lista dos países e organismos observadores}}</ref>
* Pluralismo em matéria política e econômica
* Convergência progressiva de ações parciais para a criação de um mercado comum latino-americano
* Flexibilidade
* Tratamentos diferenciais baseados no nível de desenvolvimento dos países-membros
* Multiplicidade nas formas de concertação de instrumentos comerciais
 
== Mecanismos da integração ==
 
A ALADI visa à criação de uma área de preferências econômicas na região com o objetivo final de formação de um [[mercado comum]] latino-americano por meio de três mecanismos:
- Preferência tarifária regional aplicada a produtos originários dos países-membros frente às tarifas em vigor para terceiros países,
- Acordos de alcance regional, comuns à totalidade dos países-membros,
- Acordos de alcance parcial, com a participação de dois ou mais países da área.
 
Os países qualificados de '''menor desenvolvimento econômico relativo''' da região (Bolívia, Equador e Paraguai) gozam de um sistema preferencial. Por meio das listas de abertura de mercados que os países oferecem em favor dos PMDERs, de programas especiais de cooperação (rodadas de negócios, pré-investimento, financiamento, apoio tecnológico) e de medidas compensatórias em favor dos países mediterrâneos busca-se que esses países participem plenamente do processo de integração.
Na estrutura jurídica da ALADI cabem os mais vigorosos acordos sub-regionais, plurilaterais e bilaterais de integração que surgem cada vez com maior frequência no continente. Por conseguinte, cabe à Associação –como âmbito ou guarda-chuva institucional e normativo da integração regional– desenvolver ações para apoiar e promover tais esforços a fim de que confluam progressivamente na criação de um espaço econômico comum.
 
== Criação ==
157 738

edições